21/05/2015 às 07h33min - Atualizada em 21/05/2015 às 07h33min

Professores de Goiás decidem futuro da greve na sexta-feira

Categoria vai deliberar se aceita propostas da Prefeitura de Goiânia firmadas em reunião.

De O Popular
Reunião foi realizada na sede do MP-GO (Foto: Divulgação/MPGO)

Professores municipais decidirão nesta sexta-feira (21) se mantêm a greve ou se aceitam as propostas da Prefeitura de Goiânia firmadas (veja abaixo) em reunião desta quinta, no Ministério Público Estadual (MP-GO), com presença de representantes do Sindicato Municipal dos Servidores da Educação (Simsed) e do Sindicato dos Trabalhadores em Educação (Sintego).

O procurador-geral do município, Carlos de Freitas, disse aos representantes da categoria que o Executivo só cumprirá as promessas caso haja fim imediato da greve, iniciada em 14 de abril. A categoria deve apresentar calendário para reposição das aulas caso decida por encerrar a paralisação.
 
Propostas da Prefeitura para o fim da greve:

Progressão para os servidores administrativos em junho;

Adicionais de incentivo à profissionalização, titulações e titularidades de professores e servidores administrativos da Educação a partir de setembro;

Gratificação de incentivo funcional para auxiliar de atividades educacionais (AAE);

Concurso ainda este ano para cargos administrativos na Educação (substituindo vaga de temporários);

Pagamento dos pontos cortados no prazo de 10 dias após o fim da greve.


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale conosco pelo Whatsapp
Fale com o Tribuna Piranhense
Fale conosco pelo Whatsapp