02/06/2015 às 11h04min - Atualizada em 02/06/2015 às 11h04min

Dra. Maria Jamile dá dicas para "apimentar a relação" entre você e seu amor

Dra. Maria Jamile Ribeiro Duarte Nogueira
Dra. Maria Jamile (Foto: Arquivo pessoal)

No começo do casamento, o casal quer estar sempre junto, a empolgação é grande, há maior atração e energia sexual, tudo é uma lua de mel. Mas, quando o tempo vai passando, se o casal se distancia, se não faz questão de estar conectado, vêm à tona os problemas do dia a dia, com mágoas, diferenças, ressentimentos, e, tudo isso, faz com que o relacionamento fique abalado, não só sexual, mas como em um todo.

As preliminares precisam existir em um relacionamento a dois. A carícia que antecede a relação sexual precisa e deve ser executada sempre. A maneira de falar com o seu parceiro(a) precisa ser agradável, evitando tons agressivos, por exemplo. É preciso dizer o que um sente pelo outro, dizer que sente falta, saudades, e que se sente bem quando está perto dele ou dela.

É comum, principalmente às mulheres, relatarem que o parceiro não é carinhoso e fica “bonzinho” quando quer sexo, e muitas vezes esquecem que deixaram as parceiras chateadas, magoadas, ressentidas, momentos atrás. Acontece também com os homens. As mulheres não fazem elogios, reclamam muito e não são carinhosas na maioria das vezes. Tudo isso faz com que o casal se afaste.

Está comprovado, através de pesquisas e estudos, que durante o beijo há uma liberação da Oxitocina, facilitando a conexão dos parceiros. Alguns casais não valorizam o beijo e já iniciam logo uma relação sexual.

Segundo estas mesmas pesquisas, 66% das mulheres e 56% dos homens não se sentiam atraídas por seus parceiros até beijá-los.

A temperatura sexual do casal deve estar alta no momento de uma relação sexual, como no início do romance. Mas nem todos conseguem. Depois de anos de casamento, o casal necessita de “esquentamento”, que deverá acender através do carinho, carícias, beijo e estímulos.

Como fazer para aumentar a temperatura sexual?

SÓ PARA OS HOMENS

Seja carinhoso, mantenha o diálogo, faça agrados, elogios, pratique o controle ejaculatório (caso não tenha), não apresse o ato amoroso, controle a ansiedade, considere a satisfação e o orgasmo da mulher, demonstre afeição em público (andar de mãos dadas), saia com a parceira e seja romântico.

SÓ PARA MULHERES

Seja carinhosa, supere sua inibição, controle a ansiedade, faça elogios, tome a iniciativa para o sexo (existem pesquisas que uma das maiores queixas masculinas é a que as mulheres não os procuram), não seja autoritária, nem muito ciumenta, cuide da aparência (há mulheres que deixam de se cuidar depois que se casam ou conseguem um namorado firme) e fale menos (há estudos comprovados que as mulheres falam 6.000 palavras em 24 horas e os homens 2.000 palavra).

É importante que o casal mantenha o diálogo, demonstrando um para o outro o que lhes agrada e desagrada, para melhorar o relacionamento a dois.


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale conosco pelo Whatsapp
Fale com o Tribuna Piranhense
Fale conosco pelo Whatsapp