11/06/2015 às 10h16min - Atualizada em 11/06/2015 às 10h16min

"Os prefeitos acreditam no governador e no trabalho por ele realizado”, afirma Baré em reunião com Marconi

Jotta Oliveira - com informações da assessoria da AGM
Tribuna Piranhense
Reunião aconteceu no Palácio Pedro Ludovico Teixeira (Foto: Assessoria/AGM)

O prefeito de Bom Jardim de Goiás e presidente da Associação Goiana de Municípios (AGM), Cleudes Baré Bernardes, participou de duas reuniões durante a manhã desta quarta-feira (10/06), no Palácio Pedro Ludovico Teixeira. Os eventos foram coordenados pelo governador Marconi Perillo. Cerca de 60 prefeitos, além de deputados estaduais e federais, participaram das reuniões.

Entre os temas discutidos, o governador afirmou que o Estado deve fechar um empréstimo com o Banco Santander. A liberação do dinheiro deve ocorrer no início do próximo semestre. Com a verba, o governador pretende retomar as obras iniciadas e conveniadas com os prefeitos no ano passado.

“O governador, como municipalista que é, reafirmou o seu compromisso com os prefeitos e demonstrou que está ao lado dos municípios para enfrentar essa crise que atinge o país. Ele fez questão de atender os prefeitos e os gestores foram unânimes em dizer que acreditam no governador e no trabalho por ele realizado”, afirmou Cleudes Baré.

O governador também comentou o Programa de Investimento em Logística, lançado pela presidente Dilma Rousseff em solenidade da qual também participou em Brasília. Ao todo, o valor do investimento em Goiás deve ser de mais de R$ 50 bilhões. “Isso reflete na economia goiana de forma positiva, já que são obras, serviços e tributos agregados ao Tesouro Nacional e também afetam diretamente os municípios onde essas obras vão acontecer”, destacou o presidente da AGM.

A privatização da Celg também foi abordada. “Há uma perspectiva de privatização ainda esse ano e os valores podem chegar a R$ 8 bilhões, sendo que 49% desse montante fica com o governo estadual. O governador assegurou que essa verba não será gasta em pagamento de dívidas, mas que será investida em infraestrutura, saúde e educação”, informou Cleudes Baré.


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale conosco pelo Whatsapp
Fale com o Tribuna Piranhense
Fale conosco pelo Whatsapp