17/06/2015 às 08h49min - Atualizada em 17/06/2015 às 08h49min

Tentativa de assalto em Iporá termina com três mortos e um preso

Polícia trocou tiros com assaltantes. Três criminosos morreram e um foi preso.

Jotta Oliveira - Piranhas
Tribuna Piranhense
Um dos assaltantes foi morto em frente ao quartel da PM de Iporá (Foto: Reprodução/Redes Sociais)

Marcos Vinicius de Oliveira, de 20 anos, Sebastião Francisco Cabral Neto, de 22 anos, e Eduardo Madaleno Cabral de Oliveira, de 24 anos, foram mortos pela Polícia Militar (PM) durante um assalto em um supermercado ocorrido no início da noite desta terça-feira (16/06) em Iporá, na região oeste de Goiás. Por volta das 19h30, quatro elementos invadiram o estabelecimento comercial da Avenida São Paulo, no Bairro Mato Grosso, e mantiveram o proprietário refém, enquanto procuravam por dinheiro e objetos de valor.

A Polícia Militar foi acionada e houve uma intensa troca de tiros. Thiago Tristão de Moura, de 26 anos, o quarto envolvido no crime, que tentou fugir, foi baleado e preso. Nenhum policial saiu ferido. Com os criminosos, a polícia encontrou relógios, celulares e mais de R$3 mil em dinheiro, provavelmente fruto de outros assaltos.

Segundo o subtenente Edivaldo, que participou da operação, testemunhas viram que indivíduos haviam entrado no supermercado e apagado as luzes. “Nós fomos informados por populares da movimentação atípica no prédio do supermercado e nos dirigimos rapidamente para lá. Os meliantes atiraram contra as viaturas em serviço. Houve o revide por parte dos policiais e dois assaltantes foram atingidos e morreram próximo ao comercio”, relata o policial.

O subtenente da PM conta ainda que, durante a tentativa de fuga, o terceiro assaltante morto tomou uma moto em assalto. “Fazendo as diligências, nós conseguimos encontrar esse terceiro indivíduo em uma residência. Fomos recebidos à tiros, houve novamente o revide por nossa parte e essa terceira pessoas veio à óbito. A moto roubada já havia sido abandonada e localizada”, conta o subtenente Edivaldo.   

Os corpos dos três mortos no confronto foram encaminhados para o Instituto Médico Legal (IML). A suspeita é de que os quatro envolvidos neste assalto seriam de Rio Verde (GO) e estariam em Iporá desde segunda-feira (15/06).


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale conosco pelo Whatsapp
Fale com o Tribuna Piranhense
Fale conosco pelo Whatsapp