22/07/2015 às 20h07min - Atualizada em 22/07/2015 às 20h07min

Estudo sugere idade que pessoas devem se casar

O levantamento feito por Nick Wolfinger foi publicado pelo Instituto de Estudos da Família.

De O Popular
(Foto: Reprodução)

Um novo estudo feito por um sociólogo da Universidade de Utah (EUA) sugere que as pessoas devem se casar entre os 28 e 32 anos se não quiserem se divorciar, pelo menos nos primeiros cinco anos.

O levantamento feito por Nick Wolfinger foi publicado pelo Instituto de Estudos da Família. Para chegar a essa constatação, o especialista analisou dados da Pesquisa Nacional de Crescimento Familiar de 2006-2010 e 2011-2013. “As chances de divórcio declinam quando uma pessoa sai da adolescência para seus vinte e tantos e trinta e poucos anos. Depois disso, as chances de divórcio sobem novamente nos seus trinta e tantos e quarenta e poucos anos,” escreve ele.

A chance de divórcio, para cada ano depois dos cerca de 32, sobe em torno de 5%, como diz o estudo. Há diversos motivos pelos quais dos 20 anos e início dos 30 anos faria sentido como uma boa hora para começar uma parceria ao longo da vida com alguém: “as pessoas têm idade suficiente para entender se realmente querem conviver com alguém ou se estão apenas cegas por hormônios”.

De acordo com o estudo, elas já fizeram escolhas de vida significativas e assumiram algumas responsabilidades, além de que podem ser financeiramente capazes de apoiar alguém em caso de necessidade.

Entretanto, por outro lado, elas não têm tantas “manias”, o que permite pequenos ajustes nos hábitos e estilo de vida que o casamento requer. E, também, provavelmente não têm ex-cônjuges ou filhos com os quais tem que dividir o seu tempo, seus recursos e sua lealdade, de acordo com a análise.


Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://tribunapiranhense.com/.
Fale conosco pelo Whatsapp
Fale com o Tribuna Piranhense
Fale conosco pelo Whatsapp