11/08/2015 às 16h58min - Atualizada em 11/08/2015 às 16h59min

Homem esfaqueia mulher em Piranhas e é solto pela Justiça um dia depois de sua prisão em flagrante

Crime aconteceu no Setor Santa Luzia, na quinta-feira (06/08). Mulher recebeu quatro facadas e ainda está internada.

Jotta Oliveira - Piranhas
Tribuna Piranhense
Carlos Alberto Alves de Sousa foi preso em flagrante e solto um dia depois (Foto: Leitor WhatsApp)

Após ser preso em flagrante por esfaquear a companheira em Piranhas, na Região Oeste de Goiás, Carlos Alberto Alves de Sousa, de 34 anos, deve responder em liberdade por tentativa de homicídio. O caso ocorreu no dia 6 de agosto.

Carlos Alberto Alves de Sousa chegou a ser encaminhado à Cadeia Pública de Piranhas, mas teve a liberdade provisória concedida pelo juiz Wander Soares Fonseca e foi solto no dia seguinte ao crime.

Saiba mais:

Homem é preso após esfaquear a companheira de 24 anos em Piranhas

O crime

Carlos Alberto Alves de Sousa foi preso em flagrante, logo depois de esfaquear a jovem Marlene Mendes Cunha, de 24 anos, no Setor Santa Luzia, em Piranhas. O motivo do crime teria sido o fim do relacionamento entre vítima e autor. Marlene teria terminado a relação amorosa e Carlos Alberto não teria concordado. A tentativa de homicídio ocorreu por volta das 11h, na residência onde o casal vive, no momento em que eles ingeriam bebidas alcoólicas.

Segundo a polícia, durante a discussão, Carlos Alberto Alves de Sousa teria pegado uma faca e partido para cima da mulher, que foi atingida duas vezes no tórax, uma nas costas e outra na perna esquerda.

Marlene Mendes Cunha foi socorrida por uma unidade do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). A mulher foi levada para o Hospital Municipal Cristo Redentor e, devido à gravidade dos ferimentos, precisou ser encaminhada para a capital do estado, onde ainda está internada.


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale conosco pelo Whatsapp
Fale com o Tribuna Piranhense
Fale conosco pelo Whatsapp