14/09/2015 às 20h18min - Atualizada em 14/09/2015 às 20h18min

Corregedoria Geral da Justiça de Goiás realiza audiência publica na comarca de Iporá

O auditório do Fórum da Câmara Municipal da comarca de Iporá recebeu, na última sexta-feira (11), a 10ª edição da Audiência Pública, realizada pela Corregedoria Geral da Justiça de Goiás (CGJGO).

Jotta Oliveira - com informações da Corregedoria Geral da Justiça de Goiás
Tribuna Piranhense
(Foto: Wagner Soares)

O diretor do Foro da comarca de Iporá, juiz João Geraldo Machado, o juiz auxiliar da CGJGO, Átila Naves Amaral, o corregedor-geral da Justiça de Goiás, desembargador Gilberto Marques Filho, e o presidente da Associação dos Magistrados do Estado de Goiás (Asmego), Gilmar Luiz Coelho, atenderam, pela manhã, os servidores e magistrados da 10ª Região Judiciária que engloba as comarcas de Aragarças, Aurilândia, Caiapônia, Fazenda Nova, Israelândia, Ivolândia, Montes Claros de Goiás, Paraúna, Piranhas, São Luís dos Montes Belos e Iporá, como comarca sede.

O oficial de justiça, Djalma Felipe Santos, representou os servidores no desejo de valorização da categoria, além de indagações sobre processos administrativos que devem ser realizados pelos servidores. 

“Temos andado e trabalhado muito na tentativa de acertar e sentir as dificuldades de cada região e, com essa parceria, buscar soluções para a jurisdição”, pontuou o corregedor-geral da Justiça de Goiás, desembargador Gilberto Marques Filho, que endossou o propósito da Corregedoria em orientar e auxiliar o magistrado.

Para o diretor do Foro da comarca de Iporá, João Geraldo Machado, a oportunidade do atendimento interno é única e proporciona interação entre os magistrados e servidores. “Essa é a primeira audiência pública que temos na nossa região. Aproveitamos esse momento para mostrar para a Corregedoria a nossa realidade e nossas preocupações”, pontuou o magistrado.

As ferramentas de gestão desenvolvidas pela CGJGO – Sistema Controle e Inspeção Remota Eletrônica- foram citadas na reunião interna como um auxílio para o magistrado e para os servidores sobre a realidade da comarca, além de indicadores específicos para que se dê celeridade à prestação jurisdicional.

A Audiência Pública promovida no início da tarde teve a participação da Banda da Polícia Militar na execução do Hino Nacional, de representantes do Executivo, da Ordem dos Advogados do Brasil e comunidade. A moradora de Iporá, conhecida como Rosana do Pitomba, representou a população cobrando do Poder Executivo melhorias na cidade como asfalto em bairros, melhor sinalização e criação de um grupo de controle social.

Questões como juízes titulares nas comarcas, acesso aos autos conclusos, plantão e honorários foram alguns dos assuntos abordados e posteriormente serão encaminhados ofícios para cada departamento para a solução.


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale conosco pelo Whatsapp
Fale com o Tribuna Piranhense
Fale conosco pelo Whatsapp