14/10/2015 às 19h44min - Atualizada em 14/10/2015 às 19h44min

Assista: Suspeito conta como ele e comparsa decapitaram e mataram homem em Caiapônia

Cabeça e corpo foram deixados em lugares diferentes, segundo delegado. Polícia diz que crime aconteceu depois de uma briga em um bar da cidade.

Jotta Oliveira - em Piranhas
Tribuna Piranhense

 

Jocisnel Oliveira de Jesus, de 29 anos, e Alex Rodrigues de Morais, de 36 anos, suspeitos de decapitar um homem de 41 anos em Caiapônia, no sudoeste de Goiás, foram presos na terça-feira (13/10). Segundo o delegado Marlon Souza Luz, responsável pelo caso, Valdeir Camilo dos Santos foi decapitado e teve a cabeça e o corpo deixados em lugares diferentes da cidade.

Segundo a polícia, o crime aconteceu na noite de segunda-feira (12/10), depois que a vítima e os suspeitos se encontraram em um bar de Caiapônia. "Um dos autores tinha um desentendimento com a vítima e o convidou para dar uma volta de carro com o amigo", contou o delegado.

O delegado afirmou que os suspeitos foram com a vítima até uma estrada às margens da BR 158, onde entraram em luta corporal com Valdeir. 

À polícia, um dos suspeitos confessou que segurou a vítima enquanto o outro dava golpes de facão no pescoço do homem, provocando a decapitação.

A cabeça da vítima foi encontrada na BR-158 por um motorista, que chamou a polícia logo em seguida. Na manhã de terça-feira a PM encontrou o corpo em uma estrada vicinal, às margens da rodovia onde a cabeça havia sido deixada. Em seguida, a polícia foi até a casa de um dos suspeitos, que tinha sido abordado na rodovia na noite do crime.

No local a polícia encontrou os dois suspeitos. As roupas e o carro estavam sujos de sangue. Segundo o delegado, ao serem questionados sobre o sangue os dois confessaram que tinham matado Valdeir.  Os dois foram levados à delegacia de Caiapônia, onde foram autuados por homicídio qualificado.

Corpo de homem de 41 anos foi encontrado decapitado, em Caiapônia, GO (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

Corpo de homem de 41 anos foi encontrado decapitado, em Caiapônia, GO (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://tribunapiranhense.com/.
Fale conosco pelo Whatsapp
Fale com o Tribuna Piranhense
Fale conosco pelo Whatsapp