13/11/2015 às 08h45min - Atualizada em 13/11/2015 às 08h45min

732 aprovados em concurso da PM-GO serão convocados, diz Governo

Candidatos estavam no cadastro de reserva; 1.332 ficaram de fora. Secretário de segurança garante que serão realizadas novas chamadas.

Do G1 Goiás
Membros do cadastros de reservas da PM aguardam novas convocações (Foto: Vanessa Martins/G1)

O secretário de estado da Casa Civil, José Carlos Siqueira, anunciou na tarde desta quinta-feira (12/11), em Goiânia, que vai convocar 732 candidatos aprovados em concurso da Polícia Militar para integrar a corporação. Todos eles estavam no cadastro de reserva e vão ocupar os lugares dos oficiais do Serviço de Interesse Militar Voluntário Especial (Simve), que foi extinto pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

A divulgação dos nomes deve ser publicada no Diário Oficial nesta sexta-feira (13). Os concursados lotaram o auditório Mauro Borges, no Palácio Pedro Ludovico Teixeira, para ouvir o anúncio. Dentre os chamados serão 40 cadetes, 685 soldados combatentes e 7 soldados músicos. A convocação havia sido detetrminada pela Justiça.

Conforme Siqueira, o valor a ser gasto pelo estado com os novos policiais era o previsto para o Simve). “Não tenho os valores exatos, mas é mais de R$ 3,5 milhões e menos de R$ 4 milhõs”, afirmou.

No total, 2.064 candidatos fazem parte do cadastro de reserva da PM e mais da metade - 1.332 - seguirá aguardando novas chamadas. Entre os que não foram convocados está o membro da Comissão de Aprovados da PM Gabriel Ribeiro. Ele acredita que foram chamados poucos candidatos.

“A gente avalia de uma forma triste, porque, infelizmente, não foram todos contemplados, lutamos desde o início, então vamos manter o diálogo com o governo para reverter esse quadro. Sabemos que serão muitas desistências, cerca de 400 baixas [entre os chamados]”, afirmou.

O secretário de Segurança Pública, Joaquim Mesquita, garantiu aos presentes que haverá novas chamadas. “Chamaremos outros em chamadas sucessivas para que possamos preencher esse quantitativo”, afirmou.

O comdandante-geral da PM em Goiás, coronel Sílvio Benedito Alves, deu as boas vindas aos candidatos chamados e informou que o prazo para a entrega de documentos é entre 23 de novembro e 8 de dezembro. As atividades da academia começam no dia 5 de janeiro de 2016.

Ainda conforme o coronel, a expectatia é que as mulheres e homens convocados já estejam nas ruas da Região Metropolitana de Goiânia, do Entorno do Distrito Federal e outras áreas para onde podem ser realocados, no início de 2016.

"A previsão do curso é de nove meses. Nós esperamos que em 90 dias já possamos levá-los às ruas acompanhados de oficiais formados dentro do estágio supervisionado", disse.

Concurso
O Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJ-GO) determinou em maio deste ano a convocação dos candidatos aprovados em cadastro reserva no concurso da Polícia Militar realizado em 2012 em substituição aos contratados pelo Simve.

A decisão foi da 3ª Câmara Cível de nomear os concursados aprovados no concurso de 2012 foi tomada após o STF julgar inconstitucional a contratação dos temporários para atuarem na corporação. O órgão determinou ainda a suspensão imediata do programa.


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale conosco pelo Whatsapp
Fale com o Tribuna Piranhense
Fale conosco pelo Whatsapp