13/11/2015 às 10h27min - Atualizada em 13/11/2015 às 10h27min

Açougueiro é preso e 500 Kg de carne são apreendidos em operação da Polícia Civil em Caiapônia

Em um trabalho conjunto da Polícia Civil e Agrodefesa, foram visitados vários estabelecimentos comerciais de compra e venda de carne. Açougueiro foi preso e dono de supermercado também será indiciado.

Com informações do Folha de Caiapônia
(Foto: Divulgação/Polícia Cívil)

A Polícia Civil e Agrodefesa realizaram na manhã desta quinta-feira (12/11), a segunda etapa da Operação Boi Legal em Caiapônia, na região sudoeste de Goiás. Foram visitados vários estabelecimentos comerciais de compra e venda de carne, dentre frigoríficos, supermercados e açougues.

Aproximadamente 500 kg de carne foram apreendidas e descartadas no aterro sanitário da cidade. O delegado Marlon Souza Luz informou que as carnes estavam com características de abate clandestino, com presença de fezes, urina, capim e terra, além de estarem mal acondicionadas em locais com temperaturas próximas a 40 °C, muitas em elevado estado de putrefação.

Foi realizada a prisão em flagrante do proprietário de um dos açougues, por crime contra as relações de consumo (venda de alimento impróprio para consumo). O proprietário de um supermercado da cidade foi procurado para ser preso em flagrante, porém não foi encontrado, devendo ser instaurado inquérito policial pelo mesmo crime.

De acordo com o delegado Marlon Souza, as operações serão realizadas rotineiramente no município, pois têm resultado na diminuição dos índices de furto de gado em toda a região, trazendo assim tranquilidade aos produtores rurais, além de garantir a saúde da população, diante do risco de contaminação e morte no consumo de carne clandestina, sem qualquer controle sanitário.

Veja imagens da operação abaixo


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale conosco pelo Whatsapp
Fale com o Tribuna Piranhense
Fale conosco pelo Whatsapp