15/12/2015 às 11h34min - Atualizada em 15/12/2015 às 11h34min

Três funcionários do Detran são presos por cobrança de propina para aprovar vistorias

Segundo a Polícia Civil, a associação criminosa cobrava propina para aprovar vistoria em veículos e violavam sigilo funcional.

De O Popular
(Foto: Reprodução)

A Delegacia Estadual de Repressão a Furtos e Roubos de Veículos Automotores realizou, na manhã de terça-feira (15/12) a Operação Intraneus, que resultou na prisão de três servidores do Detran - GO, incluindo dois policiais militares, condução coercitivo de dois despachantes e cumprimento de seis mandados de busca e apreensão nesta capital.

De acordo com a Polícia Civil, a investigação durou cerca de cinco meses e contou com apoio da Gerência de Fiscalização do Detran - GO. O foco do trabalho foi desarticular uma associação criminosa, composta por servidores do órgão, que praticava crimes de corrupção passiva e violação de sigilo funcional.

Foi apurado que os servidores cobravam propinas de despachantes e proprietários de auto escolas para aprovarem vistorias de veículos e praticarem outros atos de responsabilidade do órgão.

Os nomes dos servidores presos e conduzidos não foram divulgados ainda pela polícia.


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://tribunapiranhense.com/.
Fale conosco pelo Whatsapp
Fale com o Tribuna Piranhense
Fale conosco pelo Whatsapp