28/01/2016 às 10h34min - Atualizada em 28/01/2016 às 10h34min

Ouça o áudio da confusão envolvendo o deputado Paulo Cézar Martins no diretório do PMDB de Goiás

Discussão sobre documentos da eleição do diretório do partido motivou confusão.

Jotta Oliveira - com informações de O Popular
Tribuna Piranhense
Deputado estadual Paulo Cézar Martins e o líder da juventude do partido, Pablo Rezende, se envolveram na confusão (Foto: Reprodução)

Uma discussão entre apoiadores de chapas rivais, dentro do diretório do PMDB, no Setor Aeroporto, terminou com quebradeira e tiro para o alto, no início da noite desta quarta-feira (27/01). 

A confusão teria começado quando o deputado estadual Paulo Cézar Martins (PMDB) entrou em uma sala do diretório, onde quatro jovens do partido estavam mexendo com documentos relacionados à eleição do diretório do PMDB.

OUÇA

Uma discussão teria se iniciado quando o deputado questionou a presença dos jovens no diretório e não aceitou que eles tirassem cópias dos papeis.  

O líder da juventude do partido, Pablo Rezende, acusa o deputado Paulo Cézar, de quebrar cadeiras e mesas do diretório, e de um de seus seguranças ter disparado um tiro de arma de fogo. 

Pablo diz que os jovens estavam procurando por provas de fraudes na eleição, que beneficiariam a chapa de Daniel Vilela. 

Paulo Cézar nega essa versão, e diz que os jovens, que apoiam a chapa de Nailton Oliveira, estariam mexendo com os documentos de forma irregular, sem a presença de representantes do diretório. Mas confirma o tiro. “O policial [segurança pessoal] gritou para parar e deu um tiro para cima, desagradável”, diz.   

Os envolvidos na confusão se encontraram na Central de Flagrantes da Polícia Civil, no Setor Jardim Goiás, para realizar um boletim de ocorrência. 


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale conosco pelo Whatsapp
Fale com o Tribuna Piranhense
Fale conosco pelo Whatsapp