04/02/2016 às 09h53min - Atualizada em 04/02/2016 às 09h53min

Crac vira sobre o Goianésia e vence a primeira no Goianão

Nonato chegou a abrir o marcador para o Goianésia, mas Fabrizzyo, Levi e Carlos André viraram o marcador para o time de Catalão.

De O Popular
(Foto: Reprodução)

O Crac conquistou sua primeira vitória no Goianão. Nesta quarta-feira (3/02), o time bateu o Goianésia, por 3 a 1, de virada, no Estádio Genervino da Fonseca, em Catalão, pela 2ª rodada da competição.

Com o resultado, o Crac chegou aos 3 pontos no Grupo A, enquanto o Goianésia permanece sem pontuar.  

No primeiro tempo, o Crac chegou a ensaiar uma pressão nos minutos iniciais, mas os erros e a boa marcação do Azulão evitou que os anfitriões abrissem o marcador. Aos 19 minutos, no entanto, quem balançou as redes foi o Goianésia.

Após jogada pela direita, Thiago Araújo cruzou e o centroavante Nonato aproveitou para tocar de perna direita e abrir o marcador. Em campo, os jogadores do Crac reclamaram de uma suposta falta do atacante sobre o lateral direito do Crac, Bruno Limão, mas o árbitro não deu ouvidos.

O gol de empate do Crac ocorreu aos 40 minutos. A jogada de Carlos André terminou com o domínio de Dê, que levantou para Fabrizzyo marcar de cabeça.

Na etapa final, o gol da vitória catalana ocorreu aos 25 minutos. Levi arriscou de fora da área e venceu o goleiro Leandro. Aos 47, Carlos André fez o terceiro e selou a primeira vitória da equipe no Goianão.

Ficha técnica
Crac 3 x 1 Goianésia

Crac: Gilberto; Bruno Limão, João Paulo, Fábio Silva e Leandro; Levi, Dê, Fabrizzyo (Michel) e Carlos André; Dimba (Graxa) e Tiago Tremonti (Choco). Técnico: Júlio Sérgio

Goianésia: Leandro; Thiago Araújo, Luciano, Aleff e Léo Carvalho; Gilberto, Cleber (Alekito), Weslley (Nick) e Marcus Vinícius (Thiago Floriano); Maranhão e Nonato. Técnico: Romerito

Local: Estádio Genervino da Fonseca (Catalão). 
Árbitro: Osimar Moreira. 
Assistentes: Paulo César Almeida e Joaquim André.
Público: 1.206 pagantes. 
Renda: R$ 20.030,00
Gols: Nonato, aos 18 minutos e Fabrizzyo, aos 40 minutos do primeiro tempo. Levi, aos 25 minutos e Carlos André, aos 47 minutos do segundo tempo.


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://tribunapiranhense.com/.
Fale conosco pelo Whatsapp
Fale com o Tribuna Piranhense
Fale conosco pelo Whatsapp