11/02/2016 às 09h49min - Atualizada em 11/02/2016 às 09h49min

Prefeitura de Piranhas mobiliza força-tarefa para combater o Aedes aegypti

Operação deve fiscalizar todos os imóveis do maior bairro de Piranhas nesta quinta-feira (11). Agentes de saúde e bombeiros irão às casas para eliminar focos do mosquito.

Jotta Oliveira - em Piranhas
Tribuna Piranhense
(Foto: Reprodução)

A Prefeitura de Piranhas, em parceria com a Secretaria da Saúde do Estado de Goiás (SES-GO) e Corpo de Bombeiros Militar, realiza, nesta quinta-feira (11/02), a segunda força-tarefa para combater o Aedes aegypti, mosquito transmissor da dengue, chikungunya e zika vírus. Desta vez, a operação será mais incisiva, abrangente e especializada. As equipes foram acrescidas com pessoal do programa Estratégia Saúde da Família, além de contar com a participação de fiscais de Vigilância Sanitária aptos a entrar nos domicílios fechados ou nos quais os proprietários se recusaram a receber os trabalhadores.

Após a primeira etapa, realizada em janeiro deste ano, onde a cidade de Piranhas apresentou uma porcentagem de 6,38% dos imóveis com foco, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) realizou reuniões com os agentes de combate a endemias e definiu novas estratégias para a erradicação do Aedes.

Durante esta segunda mobilização, os agentes vão vistoriar todas as residências, estabelecimentos comerciais e lotes baldios do Setor Sudoeste, o maior em extensão no município de Piranhas. Segundo o secretário de saúde, Sebastiao Antônio Rodrigues Neto, este é um reforço para um trabalho que já vem sendo desenvolvido há alguns meses em todos os bairros.

– O combate ao Aedes vem acontecendo sem interrupções em Piranhas. O que fizemos, foi intensificar as ações desde janeiro deste ano, após as alarmantes informações sobre o vírus zika. Toda a rede municipal de saúde está envolvida. Estamos atuando com orientações ao cidadão quanto a eliminação dos criadouros do mosquito transmissor e com o manejo ambiental. A ordem é fazer todo o possível para vencermos essa guerra – ressalta o secretário.

O trabalho de combate ao Aedes recebeu um respaldo importante no início deste mês. Uma medida provisória publicada em 1º de fevereiro, no Diário Oficial da União, prevê a entrada forçada de agentes públicos para o combate ao mosquito. Além disso, os fiscais de vigilância sanitária têm a seu favor a lei federal 6.437/77, que concede poder de polícia à categoria durante as inspeções.

Máquinas pesadas

A Prefeitura de Piranhas firmou parceria com o Governo de Goiás, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Científico, Tecnológico e de Agricultura, Pecuária e Irrigação e, com isso, terá como reforço o uso da Patrulhas do Desenvolvimento Regional, compostas por maquinário pesado.

Desde o último dia 1º de fevereiro, a Patrulha está removendo entulhos nas áreas de risco e transporte. As máquinas também estão trabalhando na limpeza de áreas urbanas e rurais. A população tem recebido informativos das datas e horários em que o maquinário estará em cada região, para que possa ajudar na remoção, além de deixar o entulho disponível para a retirada.


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://tribunapiranhense.com/.
Fale conosco pelo Whatsapp
Fale com o Tribuna Piranhense
Fale conosco pelo Whatsapp