17/04/2016 às 16h13min - Atualizada em 17/04/2016 às 16h13min

Presos suspeitos de fraudar Bolsa Família usando CPFs falsos, em GO

Segundo a polícia, grupo esperava conseguir lucro de R$ 100 mil com golpe. Parte da quadrilha já tinha passagem por estelionato e falsificação.

Do G1 Goiás
Grupo é suspeito de fraudar Bolsa Família, em Goiânia, Goiás (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)

A Polícia Militar prendeu na sexta-feira (15/04) sete homens suspeitos de fraudar o programa assistencial Bolsa Família, em Goiânia. De acordo com os agentes que fizeram a prisão, a quadrilha esperava conseguir um lucro de R$ 100 mil com o golpe. Parte do grupo já tinha passagem pela polícia.

Segundo a polícia, eles falsificavam documentos para conseguir acesso ao benefício. “Eles criavam um CPF falso que era registrado no Bolsa Família. Cada indivíduo tinha uma função. Um deles validava o CPF e outro ia na lotérica e conseguia liberar o cartão [para fazer o saque]”, disse o tenente Antônio Carlos Morais Júnior.

Os saques no Bolsa Família variavam entre R$ 400 e R$ 800. Além disso, eles também são suspeitos de fazerem saques no Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Os valores chegavam a R$ 1 mil.

A quadrilha foi levada para a Polícia Federal. Com eles foram encontrados vários cartões magnéticos e comprovantes bancários. Dos suspeitos, três deles já tinham passagem por estelionato e falsificação de documentos.

O G1 tenta contato por telefone e email com o Ministério do Desenvolvimento Social, responsável pelo programa Bolsa Família, desde as 14h deste sábado (16), mas não obteve resposta até a publicação dessa reportagem.


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale conosco pelo Whatsapp
Atendimento Tribuna Piranhense
Precisa de ajuda? Fale conosco pelo Whatsapp