18/04/2016 às 11h59min - Atualizada em 18/04/2016 às 11h39min

Campanha de imunização contra a gripe atrasa em Piranhas por falta de vacinas

Jotta Oliveira - em Piranhas
Tribuna Piranhense

O início da Campanha de Vacinação Contra Influenza 2016, previsto para esta segunda-feira (18/04), deve atrasar em Piranhas, na região oeste de Goiás. O motivo, segundo a Secretaria Municipal de Saúde de Piranhas, foi o atraso no envio das doses das vacinas pela Secretaria de Estado da Saúde (SES-GO). A vacinação foi antecipada em Goiás devido ao aumento dos casos de H1N1.

Saiba mais:

Vacinação contra Influenza começa nesta terça, em Goiás

Piranhas faz parte da Regional de Saúde Oeste 1, que tem sede em Iporá. Segundo informações obtidas pelo Tribuna Piranhense, um lote de doses da vacina que proteje contra o virus H1NI deverá chegar na quarta-feira (20/04) e, com isso, devido o feriado de quinta-feira (21/04), a vacinação só começará, possivelmente, no dia 25 de abril (segunda-feira).

Em nota, divulgada na última sexta-feira (15/04), a SES-GO afirmou que as vacinas para a Campanha de Vacinação contra Influenza estão sendo entregues por etapas pelo Ministério da Saúde (MS) aos Estados.

“Até o momento, foram enviadas pelo MS aproximadamente 600 mil doses para Goiás, mas o repasse programado pelo órgão para o Estado é de 1,6 milhão de doses até o fim da campanha, que ocorre em 20 de maio. A Secretaria esclarece também que campanha nacional começa somente no dia 30 de abril. Em Goiás, a Secretaria de Saúde decidiu antecipar a vacinação em razão do surto de H1N1 em Rio Verde – uma situação atípica, já que normalmente os casos de H1N1 começam a ser registrados somente no mês de junho”, diz um trecho da nota da SES-GO.

No Estado de Goiás, os grupos prioritários correspondem a cerca de 1,5 milhão de pessoas. A vacinação é destinada às crianças de seis meses a menores de cinco anos, pessoas com 60 anos ou mais, trabalhadores da saúde, povos indígenas, gestantes, mulheres que deram à luz recentemente, presos e pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis ou com outras condições clínicas especiais.

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://tribunapiranhense.com/.
Fale conosco pelo Whatsapp
Fale com o Tribuna Piranhense
Fale conosco pelo Whatsapp