29/04/2016 às 09h48min - Atualizada em 29/04/2016 às 09h48min

Pintor morre após ser eletrocutado enquanto trabalhava, em Iporá

Hélio Alves de Souza realizava a pintura de uma casa, quando encostou a cabeça em um fio de alta tensão da rede elétrica.

Jotta Oliveira - com informações do Oeste Goiano
Tribuna Piranhense
Hélio Alves de Souza morreu enquanto trabalhava (Foto: Reprodução/Rede Social)

Hélio Alves de Souza, de 35 anos, morreu durante a manhã desta quinta-feira (28/04), em Iporá, na região oeste de Goiás, após tocar em um dos fios da rede de alta tensão. O acidente aconteceu no Setor Bela Vista, enquanto o homem realizava a pintura de uma casa. Em um determinado momento, a vítima encostou a cabeça em um dos fios, foi eletrocutado e teve 70% do corpo queimado.

Hélio chegou a ser socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e encaminhado com vida ao Pronto Socorro do Hospital Municipal de Iporá, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

Hélio Alves era morador do município de Diorama e estava se deslocando diariamente para Iporá para trabalhar.

 


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://tribunapiranhense.com/.
Fale conosco pelo Whatsapp
Fale com o Tribuna Piranhense
Fale conosco pelo Whatsapp