25/05/2016 às 00h00min - Atualizada em 25/05/2016 às 00h00min

Temperatura continua mais baixa até o final da semana em Goiás, diz Inmet

Previsão é de que manhãs sigam frias e nubladas, podendo chegar a 12°C. Especialista afirma que mudança aconteceu por causa de massa de ar frio.

Do G1 Goiás
Tempo em Goiânia amanhece nublado durante toda a semana (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)

As temperaturas em Goiás devem continuar baixas até sexta-feira (27/05), conforme informou o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). As manhãs na capital vão continuar com mínimas em torno dos 16°C e nubladas. Nas regiões sul, sudeste e sudoeste do estado as temperaturas podem chegar a 12°C. Já nas demais regiões o tempo também vai ficar com mínimas de 18°C.

Chefe do Inmet em Goiás, Elizabeth Alves Ferreira explicou por que as temperaturas caíram no estado. “Desde segunda-feira, o tempo está mais fresco e com neblina por causa de uma massa de ar frio, que está atuando aqui e causou essa queda nas temperaturas, principalmente no sul e sudeste do estado. Essa semana vai ser de temperaturas mais amenas”, disse ao G1.

Nos próximos dias, conforme Elizabeth, as manhãs devem começar frias e as temperaturas aumentam durante a tarde. “As mínimas para Goiânia ficam em torno de 16°C e a máxima, de 29°C. Na região sul e sudeste as temperaturas ficam entre 12ºC e 27°C, por exemplo. Cidades como Jataí e Mineiros costumam ser as mais frias”, esclareceu.

A especialista pontuou ainda que nas regiões norte, nordeste e noroeste o tempo também será ameno, mas não tão frio quanto as outras. A variação de temperaturas deve ser entre 18°C e 32ºC. “A única exceção é a cidade de Alto Paraíso de Goiás, que está em região de serra e, por isso, tem temperaturas entre 16ºC e 28ºC”, explica.

Depois de sexta-feira, as temperaturas devem começar a aumentar gradualmente, à medida que a massa de ar frio for indo embora. “Ainda assim, mesmo com a volta de temperaturas um pouco mais altas, as mínimas sobem para 18°C”, relatou.

Conforme Elizabeth, essas massas de ar frio e frentes frias são comuns nessa época do ano. “Estamos no outono e nos aproximamos do inverno, que é em julho, então, essas quedas de temperatura devem ser mais frequentes.”, afirmou.


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale conosco pelo Whatsapp
Fale com o Tribuna Piranhense
Fale conosco pelo Whatsapp