21/04/2014 às 10h29min - Atualizada em 21/04/2014 às 10h29min

Goiás fica no 0 a 0 com Flamengo

Por Jotta Oliveira - Do Tribuna Piranhense, em Piranhas
Da Redação

No Mané Garrincha, o Flamengo decepcionou a sua torcida do Distrito Federal e não saiu do 0 a 0 com o Goiás, na primeira rodada do Campeonato Brasileiro, em jogo marcado por muitos erros de passe e chances desperdiçadas pelo lado dos cariocas. Melhor para os goianos, que contaram com uma belíssima atuação do goleiro Renan.

Na próxima rodada, o Mengo visita do Corinthians, no Pacaembu, em duelo antes marcado para a Arena Corinthians. Enquanto isso, os Esmeraldinos recebem o Criciúma em Itumbiara.

O JOGO

O Rubro-Negro começou a partida de forma lenta e sem muita vontade, a equipe se limitava a trocar passes na intermediária, enquanto o Goiás ficava apenas na sua área esperando por alguma chance para contra-atacar. Tanto que a primeira chance clara de gol só apareceu aos 16 minutos da primeira etapa. Luiz Antonio recebeu livre na direita, cruzou por baixo para Alecsando . Renan saiu do gol, mas foi Jackson quem salva o Esmeraldino.

Em seguida o Flamengo teve outra oportunidade, novamente Luiz Antonio cruzou na área, Mugni chegou de trás, cabeceou para o chão e vê a bola quicar e sair por cima do gol de Renan. Essas oportunidades aumentaram o ritmo da partida , que ficou mais aberta. Aos 22, Após escanteio cobrado por Paulinho, Wallace subiu na segunda trave, dividiu e deixou a bola nos pés de Chicão, que com a frente livre, bateu de bico para grande defesa de Renan.

A marcação do Flamengo não deixava o Goiás respirar e tentar tocar bola em seu campo. As chances do time da Região Central do Brasil eram esporádicas, apenas em bolas paradas. Aos 32, David bateu falta com categoria no canto esquerdo, mas Felipe, seguro, fez a defesa. Com 34, Luiz Antonio cobrou falta com violência, mandando no cantinho de Renan, que consegue o desvio e evita o gol do Flamengo.

Após as chances de perigo, o jogou caiu de rendimento e as duas equipes não tiveram mais chances até o fim da primeira etapa. Na saída para o intervalo, Luiz Antônio, um dos destaques do Fla, comentou sobre a atuação da equipe: Eles estão dando um pouco de espaço, apesar de estarem marcando aqui atrás. Temos que jogar pelos lados, pelo meio está povoado.

No segundo tempo o ritmo se manteve. O Flamengo tentava tocar a bola, mas faltava criatividade no meio campo, e o Goiás se mantinha postado na defesa esperando oportunidades de contra-ataque. Aos 9 minutos, David cobrou o escanteio, Amaral se antecipou ao marcador e cabeceou perto da trave direita de Felipe.

Ao longo da partida, Renan foi se tornando o principal nome do jogo, se não fosse ele, o Goiás seria goleado em Brasília. Aos 13, Em boa trama do Fla, Gabriel recebeu na direita e cruzou por baixo para Alecsandro. O atacante desviou na pequena área, mas para de novo no goleiro esmeraldino.

Novamente a partida, que não foi de um primor técnico, caiu de ritmo, e os jogadores do time do Planalto Central se postavam atrás da linha da bola, e ao Flamengo resta apostar em bolas alçadas na área. E quem ameaçou mais no final da partida foi o Goiás. Aos 38, numa boa jogada de Vítor pela esquerda, ele cruzou na área, Tiago Real faz o corta-luz e deixa David livre na área, só que ele bate fraco e facilita a vida de Felipe.

Com 45, Thiago Mendes chutou cruzado, a bola desviou e fica limpa nos pés de Welinton Júnior na entrada da área. Mas ele pegou fraco, no cantinho, para defesa de Felipe. Ao final de jogo duas reações distintas, os Flamenguistas decepcionados com os pontos perdidos em casa, e os esmeraldinos felizes com o resultado obtido fora dos seus domínios.


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://tribunapiranhense.com/.
Fale conosco pelo Whatsapp
Fale com o Tribuna Piranhense
Fale conosco pelo Whatsapp