14/06/2016 às 09h49min - Atualizada em 14/06/2016 às 09h49min

PSD lança Edivaldo Junqueira como pré-candidato à prefeito de Piranhas

Nome de Edivaldo Junqueira foi lançado oficialmente durante reunião na residência do vereador João Leones. Outros dois partidos já têm pré-candidatos à prefeitura de Piranhas.

Jotta Oliveira - em Piranhas
Tribuna Piranhense
Edivaldo Junqueira (segundo, da esquerda para a direita) ao lado de representantes de partidos (Foto: Leitor/WhatsApp)

O Partido Social Democrático (PSD) lançou oficialmente Edivaldo Junqueira, o Baixinho do Afonso, como pré-candidata do partido à prefeitura de Piranhas. O anuncio foi feito em uma reunião que aconteceu na residência do vereador João Leones, do partido Trabalhista Brasileiro (PTB), na última sexta-feira (11/06). O vereador presidente da Câmara Municipal de Vereadores de Piranhas, Lindomar Ferreira Leite, que é presidente da sigla, esteve presente, além de representantes do Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB), do Partido Comunista do Brasil (PC do B), do Partido Progressista (PP) e do Partido Popular Socialista (PPS).

Leia também:

Pesquisa aponta que Jamile venceria eleição para prefeito em Piranhas

Baixinho do Afonso é produtor rural e era membro do Partido Progressista (PP) até março, quando se filiou ao PSD. Seu nome é o terceiro a entrar na disputa para assumir a chefia do Poder Executivo Piranhense.

Com mais tempo no trabalho de pré-campanha está a médica Maria Jamile Ribeiro Duarte Nogueira, do Partido Humanista da Solidariedade (PHS), que lançou o seu nome como pré-candidata em setembro de 2015. Em maio, o Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB) realizou reunião e o vereador Nilson Gomes, o Nilsin do Ônibus, e Romildo Ferreira Barros, o Piru, colocaram os seus nomes a disposição para a disputa ao cargo de prefeito.

Uma pesquisa divulgada pelo Jornal O+Positivo, no dia 10 de abril, mostra que a médica Maria Jamile Ribeiro Duarte Nogueira venceria a disputa se as eleições ocorressem naquela época. Ainda segundo O+Positivo, Eurides Maria Rosa Naves (PSDB) ficaria em segundo, seguida por Edvaldo Junqueira e Nilson Gomes. Romildo Piru não apareceu naquela pesquisa, que foi realizada nos dias 5, 6 e 7 de abril.

Na pergunta estimulada, quando o entrevistador lê os nomes dos pré-candidatos para o entrevistado, 42% disseram ao O+Positivo que, com certeza, votariam em Jamile Ribeiro. 19% responderam que talvez votariam na médica e 27% afirmaram que não votariam de jeito nenhum. Brancos, nulos, não souberam ou não responderam, somaram 11%.

Eurides Naves seria a preferida para 31%, que afirmaram votar com certeza na candidata tucana, 16% responderam que talvez votariam e 38% disseram que não votariam de jeito nenhum. A soma de brancos, nulos, não souberam ou não responderam foi de 14%.

Os dados pesquisados por O+Positivo mostraram ainda que o pré-candidato pelo PSD, Baixinho do Afonso, seria o escolhido por 23% que responderam afirmativamente a pergunta “votaria com certeza”. 14% disseram que ainda não tem certeza e 46% não votariam de jeito nenhum.

Nilson Gomes obteve 14% de votantes com certeza, 13% talvez votariam e 57% responderam que não votariam de jeito nenhum no peemedebista. Brancos, nulos, não souberam ou não responderam somaram 17% e 15%, respectivamente.

Quando a resposta foi espontânea, sem que nenhum nome fosse citado para o entrevistado, O+Positivo constatou que Dra. Jamile teria 19%, Baixinho 7%, Eurides Naves 5%. Nessa, a soma de outros nomes foi de 12% e os que votaram brancos, nulos, não souberam ou não responderam, 57%.

Dos entrevistados, 50% são do sexo masculino. 26,20% têm idade entre 45 e 59 anos e 22,41% disseram ter mais de 60. Os que disseram ser analfabetos ou ter cursado apenas o Ensino Fundamental foram 54,13%, já na outra ponta, com Ensino Superior, mesmo que incompleto, somaram 16,56%. 71,03% vivem com uma renda de até um salário mínimo e apenas 3,45% disseram receber mais que cinco salários mínimos por mês. Quanto à religião, 63% afirmaram ser católicos, 21% disseram que são evangélicos e 4% contaram que não possuem nenhuma religião.

A pesquisa de O+Positivo também registrou a quantidade de entrevistados em cada região do município de Piranhas. 26% deles moram nos Setores Central, Vale da Serra, Aeroporto e Vila Operária. 24% foram entrevistados no Setor Sudoeste e 24% no Sul e Palmares. Os demais, 26%, vivem nos Setores Eldorado, Casego, Santo Antônio, Santa Luzia, Planalto e Morada Nova.

A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número GO-08917/2016. No total foram ouvidos 290 eleitores do município. O intervalo de confiança é de 90%, com margem de erro de 4,7% para mais ou para menos.


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale conosco pelo Whatsapp
Fale com o Tribuna Piranhense
Fale conosco pelo Whatsapp