17/06/2016 às 11h27min - Atualizada em 17/06/2016 às 11h27min

Praticar atividade física diminui chance de desenvolvimento de câncer, diz estudo

Do Jornal Daqui
(Foto: Reprodução)

Um estudo realizado recentemente foi ainda mais longe e concluiu que os exercícios físicos podem diminuir o risco do desenvolvimento de câncer, sendo que naqueles que têm o hábito de praticar alguma atividade física frequentemente, em média, a incidência da doença é reduzida em 7%.

Como é do conhecimento de qualquer pessoa que tenha cuidados com a saúde, os exercícios físicos são nossos grandes aliados na busca por uma vida mais saudável e livre de doenças causadas pelo sedentarismo. No entanto, como destaca Sergio Cortes, um estudo feito pelo Instituto Nacional do Câncer dos Estados Unidos apontou que as práticas esportivas podem diminuir a incidência de vários tipos de câncer. Apesar de outros aspectos, como o hábito de fumar e as dietas, também serem potenciais influenciadores dos resultados, constatou-se que, de um modo geral, as pessoas que praticam alguma atividade física regularmente estão até 7% menos propensas a desenvolverem algum tipo de câncer.

A pesquisa, que foi divulgada na revista científica JAMA Internal Medicine, passou onze anos para ser concluída, sendo que nesse período foram avaliadas 1,4 milhão de pessoas.

As análises dos pesquisadores estavam focadas na relação das atividades físicas com os casos de 26 tipos da doença. Com isso, concluiu-se que os exercícios são responsáveis por uma menor incidência de 13 distintos cânceres.

Durante todo o estudo foram diagnosticadas mais de 186 mil ocorrências da doença entre todos os participantes da pesquisa, o que pode ser considerado um percentual muito alto.

Segundo os resultados apontados pelos pesquisadores, as atividades físicas são responsáveis pela menor incidência da doença em porcentagens variáveis de acordo com o tipo de câncer, ressalta Sergio Cortes.

Entre os cânceres que têm menores chances de se desenvolverem graças aos exercícios físicos estão o de esófago, que apresenta um risco até 42% menor como consequência das práticas esportivas; o câncer de fígado, com 27% menos possibilidades; o pulmonar, diminuído em até 26%; e o câncer de rim, que tem a probabilidade de ocorrência reduzida em 23%.

Entretanto, Sergio Cortes comenta que as práticas esportivas também podem ser responsáveis pelo aumento na ocorrência de alguns tipos de câncer. Isso porque, de acordo com a pesquisa, as atividades físicas elevam em 5% a probabilidade do desenvolvimento do câncer de próstata, e em 27% os riscos de um tipo de câncer de pele chamado melanoma. Contudo, vale destacar que em relação a esse último dado, a elevação foi constatada somente em lugares onde os praticantes das atividades estavam expostos a um grande volume de raios UV.

Outro detalhe importante que Sergio Cortes destaca sobre o estudo é que, segundo os pesquisadores, as dietas e o hábito de fumar, além de outros fatores, podem alterar os resultados do levantamento. Além disso, é importante lembrar que o estudo também levou em consideração para a definição dos números apontados autodeclarações dos participantes em relação aos exercícios físicos praticados, mais um fator que pode ter gerado alguma mudança nos resultados .

Confira abaixo a lista com os 13 tipos de câncer que têm sua incidência diminuída pelas atividades físicas com a porcentagem correspondente:

Esófago (42%)

Fígado (27%)

Pulmonar (26%)

Rim (23%)

Estômago (22%)

Endométrio (21%)

Leucemia mieloide (20%)

Mieloma (17%)

Cólon (16%)

Cabeça e pescoço (15%)

Retal (13%)

Bexiga (13%)

Mama (10%)


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale conosco pelo Whatsapp
Fale com o Tribuna Piranhense
Fale conosco pelo Whatsapp