30/06/2016 às 10h30min - Atualizada em 30/06/2016 às 10h30min

Sexualidade na adolescência: As primeiras dúvidas; com quem conversar?

Por Maria Jamile Ribeiro Duarte Nogueira (médica, terapeuta sexual)
Maria Jamile é médica terapeuta sexual (Foto: AP)

A sexualidade é algo que desenvolvemos desde o nascimento e faz parte da nossa vida em todos os momentos. É na adolescência que se inicia o interesse pelas relações afetivas e sexuais, sendo um período rico em descobertas e novos experiências. Se você tem dúvidas sobre sexualidade, uma boa conversa pode ajudar. Os pais podem ser consultados, mas, o médico(a), é a pessoa mais indicada a conversar com você, tirar suas dúvidas relacionadas a menstruação, primeira relação, métodos anticoncepcionais, doenças sexualmente transmissíveis, acne (espinhas), obesidade, excesso de pelos e outros assuntos.

Fique tranquilo(a) numa primeira consulta, ele poderá apenas conversar com você, para, numa próxima vez, fazer um exame, se houver necessidade.

Em relação a “primeira vez”, é nesta fase que se desperta para a sexualidade, para um interesse sobre o outro, acontece o primeiro beijo, os primeiros toques, são as primeiras descobertas a dois e há muitas dúvidas também.

- Qual o significado que a primeira relação tem para você?

- Se acontecer, o que devo fazer?

- Quando acontecer, como será depois?

- Será que existe uma momento certo para que ela aconteça?

O sexo é bom sim, mas só deve acontecer no momento em que você se sentir preparado (a). Não se deixe levar pelas pressões, pois deverá acontecer num clima de confiança e respeito, na hora certa, com a pessoa certa e quando você estiver preparado(a) para assumir as consequências positivas ou negativas que podem resultar dessa experiência.

Cuidem da saúde física, mental e emocional, se preparem para assumir as responsabilidades e consequências que fazem parte de suas escolhas, buscando conhecimentos e orientações de um profissional médico de sua confiança.


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale conosco pelo Whatsapp
Fale com o Tribuna Piranhense
Fale conosco pelo Whatsapp