04/07/2016 às 09h40min - Atualizada em 04/07/2016 às 09h40min

Governo pretende privatizar trecho entre Piranhas e Trindade da GO-060

Jayme Rincón diz que as perspectivas são melhores com o presidente em exercício Michel Temer.

De O Popular
GO-060, trecho Iporá-Piranhas (Foto: Gerência de Comunicação da Agetop)

Rodovias já duplicadas ou a duplicar estão entre os alvos do governo estadual para as próximas privatizações. O projeto, que possui cerca de cinco anos, será retomado, conforme afirmou o presidente da Agência Goiana de Transportes e Obras (Agetop), Jayme Rincón. “Agora está mais propício, foi paralisado pela situação econômica do País e os possíveis interessados não teriam condições de participar”, diz, ao citar que, com o presidente em exercício Michel Temer, as perspectivas estão melhores.

Segundo ele, as rodovias que devem ser privatizadas são as GOs 020, 060, 070, 080 e 213. “Mas ainda não tem nada definido, devem ser concedidos entre 500 e 600 quilômetros, mas ainda não há prazo para o edital, nem valor de pedágio.” As concessões, explica, serão em trechos duplicados ou a duplicar. “Primeiro serão trechos que ainda faltam para duplicar, como em Bela Vista, Cristianópolis e Trindade a Piranhas”.

A GO-080, por exemplo, teve a retomada de obras de duplicação de Nerópolis a São Francisco que encurta o percurso até a BR-153. O trecho, inclusive, é usado por motoristas para eliminar gastos com pedágio cobrado na BR-060 entre Goiânia e Anápolis. Já com relação aos projetos de concessão das rodovias federais, há dois em andamento, a BR-364/365 entre Jataí (GO) e Uberlândia (MG) e BR-364/060 entre Rondonópolis (MT) e Jataí (GO).

“Pelo exemplo que temos, há segurança do ponto de vista do produtor para receber insumos e escoar produção e por isso se prefere até pagar o pedágio”, analisa o assessor técnico da Federação da Agricultura e Pecuária de Goiás (Faeg) Alexandro Alves.


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://tribunapiranhense.com/.
Fale conosco pelo Whatsapp
Fale com o Tribuna Piranhense
Fale conosco pelo Whatsapp