22/07/2016 às 00h00min - Atualizada em 22/07/2016 às 00h00min

Prefeitura de Piranhas entregará nova iluminação de LED da Av. Brasil Central no dia 30 de julho

Mudança deve atingir cerca de dois quilometros da via. Investimento é de R$ 230 mil.

Jotta Oliveira - em Piranhas
Tribuna Piranhense
Avenida Brasil Central, trecho sobre a ponte do Rio Piranhas (Foto: Reprodução)

A Avenida Brasil Central, em Piranhas, na região oeste de Goiás, deverá ter uma nova iluminação até o dia 30 de julho. Foi o que anunciou o prefeito André Ariza (PP), nesta quinta-feira (21/07). As mudanças deverão ocorrer em um trecho de cerca de dois quilômetros, iniciando em frente ao Auto Posto Luciana e indo até as imediações do antigo Laticínio Marajoara.

De acordo com Ariza, a empresa responsável pelo serviço já começou o processo de instalação dos postes de aço com 10m de altura. Logo após, as lâmpadas de LED serão instaladas em luminárias fixadas em braços metálicos do tipo borboleta.

– Os trabalhos já começaram e continuarão de forma célere. Tudo estará pronto no fim deste mês. Com as lâmpadas de LED, além de deixar a principal avenida de nossa cidade melhor iluminada, teremos maior economia na conta resultante da iluminação pública, já que elas iluminam mais e consomem menos energia – explica o prefeito.

Ouvido pelo Tribuna Piranhense, o engenheiro Maick Rhamer explicou que a substituição das lâmpadas tradicionais pela iluminação LED é uma forte tendência, pois ela oferece vantagens também em termos de durabilidade e sofre menor impacto das interferências naturais e de instabilidades na rede elétrica.

O valor que está sendo investido nessa obra é de R$ 230 mil, sendo R$ 149,5 mil em recursos próprios da Prefeitura de Piranhas e R$ 80,5 mil provenientes de uma emenda parlamentar do deputado estadual Virmondes Cruvinel (PPS).


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://tribunapiranhense.com/.
Fale conosco pelo Whatsapp
Fale com o Tribuna Piranhense
Fale conosco pelo Whatsapp