08/09/2016 às 11h29min - Atualizada em 08/09/2016 às 11h29min

Pesquisa mostra Dra. Jamile liderando intensões de voto em Piranhas

Segundo O+Positivo, o segundo colocado é o peemedebista Nilsin do Ônibus, que somou 20,37%. O advogado Eric de Melo (PP) tem 18,80%. Diferença entre primeiro e segundo colocado subiu de 16,45% em junho, para 23,76% agora.

Jotta Oliveira - em Piranhas
Tribuna Piranhense
(Foto: Divulgação/Montagem/Tribuna Piranhense)

A 3ª rodada das pesquisas realizadas por O+Positivo aponta que a médica Jamile Ribeiro (PHS) aumentou sua vantagem em relação aos outros dois candidatos a prefeito de Piranhas. Segundo dados divulgados nesta quinta-feira (8/09), a candidata alcançou a marca de 44,13%, enquanto, em junho, a porcentagem era de 42,26% da preferência do eleitor. O segundo colocado na pesquisa é o vereador Nilson Gomes, popularmente conhecido como Nilsin do Ônibus (PMDB), com 20,37%, depois de, em junho, ter obtido 15,16%. O advogado Eric de Melo (PP) aparece em terceiro lugar, com 18,80%.

Em junho o segundo colocado era Edivaldo Junqueira, conhecido por Baixinho do Afonso (PSD). Ele deixou a disputa com 25,81%, segundo O+Positivo. Na época, a diferença entre Dra. Jamile e Baixinho do Afonso era de 16,45%. Com a saída do, naquele momento, candidato do PSD, a diferença entre Jamile para o segundo lugar, agora ocupado por Nilsin do Ônibus, saltou para 23,76%. Brancos, nulos, não souberam ou não responderam somaram 16,70% – em junho eram 13,87%. Os números são da modalidade estimulada, quando o entrevistador apresenta os nomes ao respondente.

Quando os eleitores foram questionados e puderam responder de forma espontânea em quem pretendem votar no dia 2 de outubro, o nome da Dra. Jamile apareceu em 40,73% das respostas – em junho era 32,26% e em abril 19%. Nilsin do Ônibus tem 18,54% depois de O+Positivo ter registrado 7,10% em junho e 1% em abril. O advogado Eric de Melo tem 17,75% e seu nome não pareceu em outras pesquisas, pois ele ainda não havia se colocado para a disputa deste ano. Brancos, nulos, não souberam ou não responderam somaram 22,98% – em junho eram 36,13% e em abril 57%.

Ainda segundo O+Positivo, que ouviu 383 eleitores de Piranhas, no dia 5 de setembro, o candidato que tem o maior índice de rejeição por parte dos que votam é o peemedebista Nilsin do Ônibus, com 31,07%. O advogado Eric de Melo vem em seguida com 21,67% e a Dra. Jamile com 18,54%. 1,31% dos abordados rejeitaram todos os candidatos e 12,79% não rejeitaram nenhum deles. Não souberam ou não responderam somaram 14,62%.

Os eleitores ainda foram convidados a reagir ao nome de cada um dos candidatos. Frente ao nome de Dra. Jamile, 45,43% dos piranhenses entrevistados disseram que “votaria com certeza” na médica. 33,16% afirmaram que “votaria talvez” e 21,41% “não votaria de jeito nenhum”.

Nesta análise, o advogado Eric de Melo levou vantagem sobre o vereador do PMDB. 24,02% dos respondentes “votaria com certeza” no político pepista, enquanto 38,38% “votaria talvez”. 37,60% “não votaria de jeito nenhum” no jurista.

Em relação ao candidato Nilsin do Ônibus, os piranhenses reagiram da seguinte forma: 21,93% “votaria com certeza”, 34,99% “votaria talvez” e 43,08% “não votaria de jeito nenhum”.

O intervalo de confiança estimado é de 95% com margem de erro de 4,8% para mais ou para menos. A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com o número GO-07108/2016. A metodologia utilizada foi a quantitativa, com entrevistas pessoais, com questionário elaborado de acordo com os objetivos da pesquisa. Só foram ouvidos eleitores registrados em Piranhas com idade igual ou superior a 16 anos.

Perfil

Dos entrevistados em Piranhas, 49,35% são do sexo masculino e 50,65% do feminino. 15,40% tem idade entre 16 e 24 anos e 16,45% entre 25 a 34 anos. 18,80% afirmaram ter de 35 a 44 anos e 27,68% de 45 a 59. 21,67% disseram ter 60 anos ou mais.

O grau de instrução dos abordados também foi perguntado. 51,70% disseram ser analfabetos ou terem concluído apenas o ensino fundamental. 29,77% afirmaram ter o ensino médio e 18,53% o ensino superior. O nível econômico de 71,02% é até 1 salário mínimo. 21,67% vivem com 1 a 3 salários mínimos e 3,92% de 3 a 5 salários mínimos. 3,39% receberem mais de 5 salários mínimos.

 


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale conosco pelo Whatsapp
Fale com o Tribuna Piranhense
Fale conosco pelo Whatsapp