20/09/2016 às 10h09min - Atualizada em 20/09/2016 às 10h09min

Quase 30% dos eleitores de Piranhas não têm ensino fundamental completo

Jotta Oliveira - em Piranhas
Tribuna Piranhense
(Foto: Reprodução)

Dos 8.967 eleitores aptos a irem às urnas no próximo dia 2 de outubro para eleger vereadores e o próximo prefeito de Piranhas, 2.518 (28,08%) informaram à Justiça Eleitoral que não completaram o ensino fundamental, que compreende as séries do 1º ao 9º ano. Segundo dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), 1.816 eleitores piranhenses (20,25%) completaram o ensino médio, enquanto 853 (9,51%) disseram não ter concluído essa etapa.

Leia também:

Número de eleitores em Piranhas diminui 6% em relação às eleições de 2012 e mulheres são maioria

De acordo com o TSE, em Piranhas, 953 eleitores (10,62%) leem e escrevem; 481 (5,36%) terminaram o ensino fundamental; 1.141 (12,72%) têm diploma de ensino superior e 505 (5,63%) iniciaram, mas não concluíram o curso universitário. Do total de eleitores piranhenses, 700 (7,80%) disseram-se analfabetos.

Evolução do eleitorado

Dados do TSE apontam diminuição de 6,13% no eleitorado do município de Piranhas em relação às eleições de 2012. O número que era de 9.553 no último pleito, agora é de 8.967.

Homens e mulheres

Segundo a estatística do TSE, o perfil do eleitorado piranhense aponta uma maior participação das mulheres nas eleições municipais de 2016. São 4.539 eleitoras, representando 50,61% do total. Os homens representam 49,38%, sendo 4.428 eleitores.

Voto facultativo

Em comparação com as eleições de 2012, houve uma diminuição de 14.39% no número de eleitores jovens com voto facultativo, ou seja, aqueles que têm 16 e 17 anos. Em 2012, eram 257 e, em 2016, são 220 aptos a votar nessa faixa etária.

A população de eleitores idosos (com mais de 70 anos) também diminuiu de 881 em 2012, para 809 nestas eleições, queda de 8.17%.

 


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale conosco pelo Whatsapp
Fale com o Tribuna Piranhense
Fale conosco pelo Whatsapp