19/10/2016 às 09h20min - Atualizada em 19/10/2016 às 09h20min

Aneel aprova redução média de 9,5% na conta de energia em Goiás

Novo valor tarifário começa a vigorar a partir do próximo sábado (22). Diretor da Celg D afirma que uso racional do serviço motivou queda.

Do G1 Goiás
(Foto: Reprodução)

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou nesta terça-feira (18/10) uma redução média de 9,53% na conta de energia em Goiás. Segundo a Celg Distribuição S.A (Celg D), responsável por fornecer luz elétrica no estado, a medida foi provocada por vários fatores, mas, principalmente, pela conscientização da população em relação ao uso do serviço.

O novo valor começa a vigorar no sábado (22) e será revertido nos boletos de forma proporcional à data de vencimento da conta. Para os consumidores residenciais, o decréscimo vai a 8,83%. Já para as grandes indústrias, que utilizam alta tensão, a queda vai a 10,77.

De acordo com o diretor de regulação da Celg D, Elie Chidiac, o novo valor vai beneficiar 2,8 milhões de usuários. Os valores da energia repassados à população são discutidos anualmente. Ele afirma que o fator preponderante para a queda foi o uso moderado do serviço.

"A população fez o dever de casa. Usou a energia de forma racional e inteligente. Ela é um insumo muito caro. No ano passado, o reajuste acumulado chegou a 51%", disse ao G1.

Além disso, conforme Chidiac, também pesaram na decisão a crise econômica e política que o país vive atualmente e a temperatura amena que perdurou até o início de outubro deste ano.

"Isso fez a demanda de energia cair e o Governo Federal pôde desligar as termelétricas, que tem um custo de geração elevado. Essa redução foi repassada ao consumidor", destaca.


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://tribunapiranhense.com/.
Fale conosco pelo Whatsapp
Fale com o Tribuna Piranhense
Fale conosco pelo Whatsapp