29/04/2014 às 10h24min - Atualizada em 29/04/2014 às 10h24min

Projeto Acelerar em Piranhas totaliza quase R$1 milhão em acordos

Por Jotta Oliveira - Do Tribuna Piranhense, em Piranhas
Da Redação

O Projeto Acelerar Previdenciário realizou 284 audiências nos dias 24 e 25, na comarca de Piranhas, sob a coordenação do juiz Wander Soares Fonseca. Foram efetuados 130 acordos, com 159 benefícios concedidos, totalizando em R$ 951.797,20 de requisições de pequenos valores (RPV) atrasados. O mutirão contou com o auxílio de seis juízes, três procuradores federais, três prepostos do INSS e 32 servidores do Poder judiciário, das prefeituras de Piranhas e Arenópolis e estagiários, além de advogados que atuam na região.

A comarca de Piranhas tem cerca de 3,7 mil processos em andamento. Para o juiz Wander Soares, o Projeto Acelerar chegou num momento muito esperado pela comunidade. "Por meio desse esforço concentrado, o Tribunal de Justiça consegue acelerar o andamento dos processos, entregando de forma imediata a prestação jurisdicional", afirmou.

A ansiedade terminou em comemoração por parte de Maria Silvério Rosa (foto), de 60 anos, ainda antes das 10 horas da manhã, quando finalmente assinou o termo da audiência em que foi concedido o benefício de aposentadoria rural por idade, no valor de um salário mínimo mensal, além dos valores acordados com o representante do INSS, referentes aos dois anos de espera pelo fim da ação que tramitava na justiça.

Maria é viúva, mora e trabalha na zona rural do município de Amorinópolis, onde plantava arroz, feijão e cuida dos animais que cria em uma pequena propriedade rural de terceiros. Para o sustento, sempre teve a ajuda do pai e da mãe equanto estavam vivos. Agora, só lhe resta um filho que a ajuda, conta Maria. “Esperei muito por este dia e hoje estou muito feliz. Vou poder comprar meus remédios e ajudar nas desesas de casa”, disse.

Atuaram no mutirão na Comarca de Piranhas os juízes Everton Pereira dos Santos ( Catalão); Luciano Borges da Silva (Santa Helena), Rodrigo de Melo Brustolim (Rio Verde), Gabriela Maria de Oliveira Franco (Caiapônia), Wilsiane Ferreira Novato (Hidrolândia) e Wander Soares Fonseca (Piranhas).

Representando o INSS, participaram os procuradores Valdir Eduardo Barros e Sílvia Cândida Mesquita, juntamente com os prepostos Robson Alexandre da Silva, Tânia Lúcia Nunes e Denildes Alves Bezerra.

Integraram a equipe do Acelerar em Piranhas os servidores Pedro Rafael Martins, da comarca de Itapuranga; Hector Victor Pires Barbosa, da comarca de Santa Helena; Fernando Ribeiro Campos, da comarca de Itapuranga; Lindomar Rezende de Aleluia, da comarca de Campinorte, e Adilson Canedo Machado de Goiânia.


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://tribunapiranhense.com/.
Fale conosco pelo Whatsapp
Fale com o Tribuna Piranhense
Fale conosco pelo Whatsapp