26/01/2017 às 09h56min - Atualizada em 26/01/2017 às 09h56min

Saiba o que fazer após perder ou ter documentos roubados em Goiás

Polícia orienta vítimas a registrar boletim de ocorrência; veja passo a passo.

com informações do G1 Goiás
Da Redação
Boletim de ocorrência por perda de documentos pode ser feito pela internet (Foto: Murillo Velasco/G1)

Ter os documentos pessoais roubados, ou perdê-los, pode gerar vários transtornos, como dívidas ou atos ilegais feitos por terceiros. Para evitar que isto aconteça, a Polícia Civil orienta as vítimas a registrarem um boletim de ocorrência imediatamente após o fato.

Para ajudar quem enfrenta este tipo de problema, autoridades foram ouvidas e foi preparado um passo a passo sobre o que fazer após perder os itens e como dar entrada na segunda via dos principais documentos pessoais (confira abaixo).

De acordo com o assessor da Polícia Civil, o delegado Gylson Ferreira, o primeiro passo após ter o documento roubado é procurar uma delegacia e registrar o boletim de ocorrência. Ele afirma que, em caso de perda, é possível fazer o registro por meio da internet, utilizando a Delegacia Virtual.

“Em situações mais complexas, onde há vítimas de assalto, por exemplo, é importante ir pessoalmente à delegacia para fazer o relato. O registro é imprescindível, pois resguarda ao cidadão uma segurança legal em relação ao fato ocorrido. É importante ressaltar que nos casos simples, de perda, a delegacia virtual é uma grande aliada para facilitar a fazer o comunicado imediato do ocorrido”, disse.

Confira como emitir a segunda via dos principais documentos em Goiás:

Carteira de Identidade e CPF
Segunda via é emitida pelo Instituto de Identificação em qualquer unidade do Vapt Vupt no estado. O custo do novo RG é de R$ 26,96. Já para quem precisa dar entrada na segunda via no CPF, o usuário pode solicitar através do site da Receita Federal ou em alguma agência dos Correios.

Carteira de Motorista e documentação do veículo
Para solicitar a segunda via da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) ou do Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV) é necessário ir até uma agência do Vapt Vupt ou na sede do Departamento Estadual de Trânsito de Goiás (Detran-GO).  O custo da nova CNH é de R$ 127,48 e do CRLV R$ 41,89, sendo necessário fazer vistoria após o pagamento da taxa.

Certidão de Nascimento ou casamento
Para emitir a segunda via da certidão de nascimento ou casamento é necessário ir até o Cartório de Registro onde o primeiro documento foi emitido. O documento é feito mediante pagamento de uma taxa que varia de acordo com o cartório.

Passaporte
De acordo com a Polícia Federal, não existe segunda via do passaporte. Após a perda ou roubo do documento, e feito o boletim de ocorrência, deverá ser feito o agendamento para solicitar um novo passaporte. Ao fazer a solicitação do novo documento é necessário apresentar o boletim de ocorrência. O valor da emissão do passaporte é de R$ 257,25.

Caso a pessoa não vá solicitar o novo documento, é necessário imprimir um formulário no Site da PF e apresentá-lo em qualquer unidade ou posto de atendimento da Polícia Federal.

Se o titular do passaporte perder o documento ou for roubado fora do Brasil, a recomendação é procurar a embaixada brasileira para que seja emitido um documento que autoriza o retorno para o país.

Cartões de banco e talões de cheques
A Associação de Bancos (Asban) informou em nota ao G1 que o consumidor que tiver cartão de crédito extraviado, furtado ou roubado deve solicitar imediatamente o bloqueio junto à administradora do cartão. No caso de cheques, a comunicação deve ser feita ao Banco para que os mesmos sejam cancelados ou sustados, se já preenchidos.

Caso o roubo ou extravio aconteça fora do horário de expediente bancário, o correntista deve, por telefone, entrar em contato com a Central de Atendimento do Banco para registrar a ocorrência.

Neste caso, a sustação será formalizada no primeiro dia útil, após comparecimento à agência bancária. Em ambos os casos, é recomendado que o consumidor registre junto à Polícia Civil um Boletim de Ocorrência.

Título Eleitor
A segunda via do título poderá ser requerida no cartório da zona eleitoral em que o cidadão é inscrito como eleitor. Para tanto, o eleitor deverá estar quite com a Justiça Eleitoral e apresentar documento de identificação com foto. A emissão é de graça.


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://tribunapiranhense.com/.
Fale conosco pelo Whatsapp
Fale com o Tribuna Piranhense
Fale conosco pelo Whatsapp