14/02/2017 às 11h36min - Atualizada em 14/02/2017 às 11h36min

Parceria entre Caixa, Estado e Prefeituras prevê construção de 30 mil casas populares em Goiás

Objetivo é reduzi em 30% déficit habitacional em Goiás nos próximos 2 anos. Imóveis poderão ser financiados por famílias com renda de até R$ 1,8 mil.

Do G1 Goiás
Parceria prevê construção de 30 mil casas populares em Goiás (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)

Uma parceria entre a Caixa Econômica Federal, o governo estadual e as prefeituras prevê a construção de 30 mil casas populares em Goiás. O objetivo é reduzir o déficit habitacional em 30% nos próximos dois anos. Os imóveis poderão ser financiados por famílias com renda de até R$ 1,8 mil.

As unidades serão construídas dentro do programa Minha Casa Minha Vida. As áreas onde serão feitas as obras serão doadas pelos municípios. Já o governo estadual se comprometeu com a doação de cheques moradias no valor de R$ 15 mil por família. O objetivo é deixar o valor das prestações mais baixos.

“A medida que os projetos forem apresentados à Caixa, nós iremos analisa-los, juntando o Minha Casa Minha Vida com o apoio do governo do estado na colocação de recursos para a complementação do financiamento habitacional”, disse o presidente da Caixa Econômica Federal, Gilberto Occhi.

Atualmente, 100 mil famílias aguardam pela casa própria no estado. Nessa parceria, as construções vão começar pelos municípios menores e, em dois anos, chegar às cidades maiores, incluindo Goiânia.

Segundo o presidente da Agência Goiana de Habitação (Agehab), Luiz Stival, famílias removidas de áreas de invasão podem ser contempladas com o programa, mas é preciso se enquadrar nos critérios, como renda familiar e morar no estado há pelo menos três anos.

O órgão explicou ainda que o cadastro, inscrição e seleção das famílias vão ser feitas pelas prefeituras depois que as obras forem contratadas.


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale conosco pelo Whatsapp
Fale com o Tribuna Piranhense
Fale conosco pelo Whatsapp