04/04/2017 às 22h52min - Atualizada em 04/04/2017 às 22h52min

Em Piranhas, homem passa mal durante pescaria e morre após afogamento em rio

Mãe da vítima presenciou a tragédia e tentou salvar o filho.

Tribuna Piranhense - em Piranhas
Jotta Oliveira
(Foto: Reprodução/Ilustrativa)

João Batista Gomes de Macedo, de 41 anos, morreu após um afogamento, na tarde desta terça-feira (4/04), depois de cair nas águas do Rio Piranhas, durante uma pescaria em uma propriedade rural conhecida como Chácara do Irajá, em Piranhas, na região oeste de Goiás. De acordo com a Polícia Militar (PM), o homem – que sofria com epilepsia há vários anos –, estava na companhia de sua mãe, quando passou mal e caiu no leito do rio.

Segundo o boletim de ocorrência da PM, Maria Lionidas Gomes de Miranda [mãe] viu que João Batista estava se afogando e correu para socorrê-lo. Ela andou por cerca de vinte metros até o local do afogamento e conseguiu visualizar os cabelos do filho que já estava submerso e o puxou para a margem.

A mãe, já em estado de desespero, ligou para Amaraí Gomes de Macedo [irmão da vítima], que estava na cidade de Piranhas. Ele chamou a polícia que, imediatamente, solicitou o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Várias tentativas de reanimação foram realizadas ainda no local da tragédia.

Em estado grave, o homem foi encaminhado para o Hospital Municipal de Piranhas, onde a equipe médica da unidade e os profissionais do Samu tentaram reanimá-lo, mas sem êxito.

João Batista Gomes de Macedo foi declaro morto às 17h20, devido uma parada cardiorrespiratória causada por um infarto agudo do miocárdio após o afogamento. Sua morte foi informada à Polícia Civil, que – pelo fato da mãe da vítima ter presenciado tudo – não viu a necessidade de acionar o Instituto Médico Legal (IML), como é de praxe em casos de afogamento.

Até a publicação desta reportagem, a família ainda não havia informado sobre o velório e o sepultamento do corpo.


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale conosco pelo Whatsapp
Fale com o Tribuna Piranhense
Fale conosco pelo Whatsapp