15/05/2014 às 07h55min - Atualizada em 15/05/2014 às 07h55min

Acusados de resgatar presos da cadeia de Piranhas são presos em Mato Grosso

Por Jotta Oliveira - Do Tribuna Piranhense, em Piranhas
Da Redação

Dois suspeitos de terem resgatarem presos da cadeia de Piranhas, no mês de abril foram presos em Barra do Garças MT, na divisa dos estados de Goiás e Mato Grosso em uma ação da Polícia Civil, nesta terça-feira (13). Os suspeitos cometeram crimes em Mato Grosso e foram descobertos durante uma investigação da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf). A dupla foi presa quando embarcavam em um ônibus com destino a Goiânia, na rodoviária de Barra do Garças.

No momento da prisão, Josenir Bezerra da Silva, de 27 anos, um dos acusados, que também é foragido da justiça de Goiás, portava uma pistola 380 e 26 munições. Josenir responde ainda por crimes de falsidade ideológica e tem um mandado de prisão em aberto por um crime cometido em Goiás em 2008. Já o outro acusado, Eduardo de Souza Melo, de 31 anos, não possui antecedentes criminais.

De acordo com a investigação da Policia, no mês de abril, os dois homens, portando uma metralhadora e pistola, invadiram a cadeia de Piranhas e resgataram os detentos Dionatt Araújo Gomes (ex-policial militar) e Jaciara da Silva Souza. Na época eles estavam encapuzados e renderam o carcereiro e fizeram o resgate.

O delegado responsável pelo caso, Wilyney Borges Santana,  informou que a polícia recebeu a informação que os suspeitos estariam em Barra do Garças e, supostamente, cometendo crimes e, quando tentavam voltar para Goiás, foram presos sem oferecer resistência. Josenir e Eduardo são suspeitos de furtarem uma camionete e de envolvimento em um assalto em Araguaiana.

Após serem autuados, os dois criminosos foram transferidos para o Presídio de Piranhas, onde responderão pelo crime e permanecerão presos a disposição da justiça. De acordo com informações da Agência Prisional responsável pelo presídio, o resgate, realizado em abril, tinha como objetivo libertar apenas Jaciara, porém, o ex-policial Dionatt aproveitou a ação dos criminosos e fugiu junto com o grupo.

Entenda

Na manhã do dia 12 de abril, por volta das 6 horas da manhã, os suspeitos, agora presos, invadiram o presídio da cidade de Piranhas e libertaram os detentos: Dionatt Araújo Gomes, ex policial militar, e Jaciana da Silva Sousa, ambos presos pelo crime de tráfico de drogas.

Segundo informações da Polícia Militar, dois homens, encapuzados e armados, aproveitaram o momento da saída dos presos que cumprem pena no semi-aberto e renderam o carcereiro de plantão. Com a arma em punho, os dois homens, que ainda não foram identificados, ordenaram a abertura de todas as celas do presídio para que Dionatt e Jaciana saíssem e, logo em seguida, algemaram e prenderam o carcereiro em uma sala da unidade prisional e fugiram.


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://tribunapiranhense.com/.
Fale conosco pelo Whatsapp
Fale com o Tribuna Piranhense
Fale conosco pelo Whatsapp