15/08/2017 às 07h06min - Atualizada em 15/08/2017 às 07h06min

Piloto piranhense sobe ao pódio durante amistoso de MotoCross em Piranhas; veja fotos das provas

Provas foram realizadas nos dias 12 e 13 de agosto, na pista de MotoCross de Piranhas.

Tribuna Piranhense - em Piranhas
Jotta Oliveira

O final de semana de tempo aberto atraiu os amantes da velocidade para a pista de MotoCross da cidade de Piranhas, na região oeste de Goiás, para o 3º MotoCross, que aconteceu neste sábado (12/08) e domingo (13/08). Pilotos goianos, mato-grossenses e de outras partes do país participaram da competição amistosa, enfrentando obstáculos e voando alto em um percurso de 1.200 metros. Foram disputadas baterias nas categorias MXFL, Intermediária, Nacional e MX.

Piranhas possui uma pista que segue os padrões da F4ederação de Motociclismo do Estado de Goiás (FMG) e da Confederação Brasileira de Motociclismo (CBM). O município é considerado um dos berços do motocross goiano, responsável por revelar nomes pioneiros do esporte, como Osmar “Baianinho”, Jairo “Crentinho” e Jânio Rezende, dentre outros.

Os pilotos entraram na pista no sábado, para os treinos que definiram as posições para as disputas do domingo. Na categoria MXFL, que contou com 13 participantes, o campeão foi Mateus Klysman de Oliveira, que completou 15 voltas em 18 minutos e 48 segundos. Heber Tomaz da Silva (2º), Paulo Vitor Cunha Guimarães (3º), José Almeidino Rocha da Silva (4º) e Wolney Ferreira de Lima (5º) completaram o pódio.

5 atletas competiram na categoria Nacional e quem levou a melhor foi novamente Mateus Klysman de Oliveira, que levou 15 minutos e 23 segundos para completar 11 voltas. Em seguida, vieram Gustavo Alves Santos Borges (2º), Natan Junior De Oliveira Barbosa (3º), Paulo Henrique dos Santos Pereira Lima (4º) e Marcelo Coelho dos Santos (5º).

O público Piranhense se empolgou em todas as baterias. Mas a adrenalina subiu mesmo quando os pilotos da casa, Heberth Wander Fonseca Duarte e Vandete Vilela Ribeiro, se posicionaram para as largadas nas categorias Intermediária e MX.

A MX foi dividida em duas subcategorias em Piranhas: a MX3 – para pilotos a partir de 35 anos e a MX4 – para pilotos a partir de 40 anos. Vandete Vilela pilotou concorrendo nas duas e subiu no pódio em uma delas.

Na MX3, o 1º colocado foi Wolney Ferreira de Lima, com um tempo de 15 minutos e 32 segundos em 12 voltas. Completando o pódio, estiveram Claudner Coelho da Rocha (2º), Rodrigo Siqueira de Carvalho (3º), George A. de Araújo (4º) e Jonatas Rodrigues Caixeta (5º). O piranhense Vandete ficou na 11ª colocação.

Jonatas Rodrigues Caixeta venceu a MX4, fazendo 12 voltas em 16 minutos e 36 segundos. Romulo Ferreira Martins conquistou a 2ª posição, seguido por Marcelo Dias em 3º e Vandete Vilela Ribeiro em 4º. João Cicero Galan completou o pódio em 5º.

Com Vandete e Heberth na pista, 10 pilotos proporcionaram disputas emocionantes na categoria Intermediária, em 14 voltas. Após 18 minutos e 44 segundos, Antogerry Inocencio Bravo se sagrou campeão. George A. de Araújo foi o 2º colocado, seguido por Guilherme Rezende em 3º, Jonatas Rodrigues Caixeta Filho em 4º e Luiz Filipe Vale da Rocha completando o pódio em 5º. Os piranhenses Heberth Wander Fonseca Duarte e Vandete Vilela Ribeiro terminaram em 7º e 9º lugar, respectivamente.

O 3º Motocross foi realizado pela Prefeitura de Piranhas e organizado pela GP Moto Clube e pelo vereador Wesley Faustino. A supervisão foi da FMG.

Veja a classificação na categoria Nacional

Veja a classificação na categoria Intermediária

Veja a classificação na categoria MXFL

Veja a classificação na categoria MX

Veja fotos do evento esportivo abaixo

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://tribunapiranhense.com/.
Fale conosco pelo Whatsapp
Fale com o Tribuna Piranhense
Fale conosco pelo Whatsapp