14/12/2017 às 17h01min - Atualizada em 14/12/2017 às 17h01min

Bonecos entregues pela OVG viram alvo de críticas de deputados

Bonecos entregues pela OVG viram alvo de críticas de deputados.

Do Mais Goiás
Bonecos distribuídos pela OVG (Foto: Divulgação)

Deputados goianos criticaram os bonecos entregues pela Organização das Voluntárias de Goiás (OVG) à crianças carentes em ocasião do Natal. A crítica se deve ao fato de que , aparentemente, todas as bonecas são vestidas do mesmo modo, mas possuem simulações de órgãos sexuais de ambos os sexos, o que foi interpretado pelos parlamentares como “ideologia de gênero”.

Em suas redes sociais, o deputado federal Delegado Waldir Soares (PR) se mostrou contrário à distribuição dos bonecos com distinção de órgãos sexuais, alegando que todos se assemelham a meninas. “Bonecas do sexo feminino com pênis, bonecas do sexo masculino com batons, explícito os órgãos genitais tanto feminino como masculino, incentivando a ideologia de gênero entre crianças”, argumenta o político na postagem.

O deputado estadual Daniel Messac (PSDB) também demonstrou incômodo em relação aos bonecos e usou a tribuna da Assembléia Legislativa de Goiás (Alego), nesta quarta-feira (13), para se manifestar. O político afirmou que já informou à Secretaria de Estado de Educação, Cultura e Esporte (Seduce) a sua posição contrária à ideologia de gênero e cobrou informações sobre o dinheiro público aplicado na aquisição desses brinquedos.

Messac acredita que os brinquedos incentivariam a ideologia de gênero nas crianças. “Estão fazendo uma doutrinação da chamada ideologia de gênero, um mecanismo para destruir as famílias. Sou a favor da ideologia de Gênesis, que fala que Deus criou o homem e a mulher”, ressaltou.

Já o deputado estadual Júlio da Retífica (PSDB), não concorda com a discussão. Ele acredita que não há o que se discutir quanto a ideologia de gênero em relação aos bonecos comprados. Segundo o político, os brinquedos são divididos em bonecos e bonecas e isso está bem definido.

Em nota, a OVG explicou que todos os brinquedos distribuídos estão dentro das especificações técnicas estabelecidas pelos órgãos de controle. Além disso, a organização disse ter avaliado em várias empresas e bonecos disponíveis no mercado, e constatou que os bonecas e bonecas são constituídos do mesmo modo que os distribuídos, inclusive os de grandes marcas.


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale conosco pelo Whatsapp
Fale com o Tribuna Piranhense
Fale conosco pelo Whatsapp