15/12/2017 às 15h36min - Atualizada em 15/12/2017 às 15h36min

Escola de Piranhas registra índice de mais de 90% de aprovação de seus alunos em institutos federais

Dos 12 alunos do 9º ano da Escola Maria Esméria que tentaram entrar em unidades da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica, 8 foram aprovados.

Tribuna Piranhense - em Piranhas
Jotta Oliveira
Escola Maria Esméria (Foto: Jotta Oliveira/Tribuna Piranhense)

A Escola Maria Esméria, no município de Piranhas, registrou um índice de 91% de aprovação de seus alunos que participaram de provas seletivas para unidades da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica. No total, 12 estudantes se inscreveram nas avaliações do Instituto Federal (IF), nos campus de Iporá (GO) e Barra do Garças (MT), onde 8 garantiram a entrada já em 2018 e 3 entraram para a lista de espera.

No IF Goiano – Campus Iporá, os jovens do 9º ano da Escola Maria Esméria optaram por duas disciplinas. Para a área de desenvolvimento de sistemas, foram aprovados os alunos: Andressa Nascimento Leite, em 3º lugar; Laysa Adriany Prado Araújo, em 4º; Leandra Martins Dias, na 10ª posição; e Maria Helena Oliveira de Sousa, em 11º. Já para Química, passaram: Igor Gabriel Alves Teixeira, na 7ª posição; Luis Filipe Duarte de Sousa, em 13º; e Tálita Silva Vilela, em 16º lugar.

Ana Laura Souza Dias tentou vaga no IF Mato Grosso – Campus Barra do Garças e conquistou um lugar para o curso de Controle Ambiental.

Segundo Maria Glória de Faria Nunes dos Santos, proprietária e diretora da escola, o bom resultado vem do trabalho de professores e coordenadoras, desde a Educação Infantil. “Na nossa escola, cada um faz a sua parte para o crescimento evolutivo e contínuo das crianças. Destaco também o empenho de cada aluno e da família, que completam o tripé escola/aluno/família. É aí que está um de nossos méritos, o empenho, tanto no crescimento do aluno, como na formação de sua responsabilidade e independência, e no envolvimento da família com o resultado final”, ressaltou.

“Sempre reforçamos nosso lema diário: é todo dia que se estuda para a prova. Isso faz com que nossos alunos saibam de cor e salteado o que fazer na hora das avaliações que participam. Parabenizo cada professor, os familiares e, sobretudo, aos nossos alunos, que me enchem de orgulho”, destacou Maria Glória.

 


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale conosco pelo Whatsapp
Atendimento Tribuna Piranhense
Precisa de ajuda? Fale conosco pelo Whatsapp