05/01/2018 às 19h10min - Atualizada em 05/01/2018 às 19h10min

Secretaria elimina pendência e novo aparelho de raio-x já pode ser instalado no Hospital Municipal de Piranhas

A secretária Neusa Aparecida esteve em Goiânia nesta sexta-feira (5) e recebeu um documento que dá a autorização para aumentar a potência energética do Hospital Municipal de Piranhas.

Tribuna Piranhense - em Piranhas
Jotta Oliveira
Equipamento da imagem é idêntico ao que será instalado no Hospital Municipal de Piranhas (Foto: Reprodução/Site da Philips)

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Piranhas recebeu a autorização da Companhia Energia de Goiás (Celg) para realizar adequações na rede elétrica do Hospital Municipal Cristo Redentor para a instalação de um equipamento de raio-x. O documento, que permite que haja a elevação da potência energética usada na unidade de saúde, foi entregue à secretária Neusa Aparecida Porto Ferreira durante a manhã desta sexta-feira (5/01), em Goiânia.

Em 2017, a Prefeitura de Piranhas adquiriu um novo aparelho para a realização de exames de raio-x que ainda não foi instalado sob a alegação de uma incapacidade energética identificada pelos técnicos da empresa fornecedora do produto. Para solucionar o problema, foi preciso encaminhar um pedido à Celg, solicitando o aumento de potência para, pelo menos, 112 Kilovoltampere (KVA), o que foi atendido agora.

O único equipamento de radiologia do município de Piranhas apresentou defeitos em março do ano passado, após mais de 30 anos de uso, e se tornou inutilizável.

O produto novo, que se encontra ainda em caixas no Hospital Municipal Cristo Redentor desde o início do segundo semestre de 2017, possui um sistema de radiologia digital capaz de realizar, segundo as especificações do fabricante, exames com mais agilidade e eficiência, permitindo a execução de um número de exames “duas vezes maior (ou mais)”, se comparado à tecnologia do aparelho que era usado anteriormente.

“Com a autorização da Celg em mãos, podemos dar andamento ao projeto de instalação do novo equipamento que tanta falta faz no atendimento aos usuários da saúde pública em Piranhas”, destacou Neusa, que assumiu a Secretaria Municipal de Saúde na última terça-feira (2/01).

A reportagem do Tribuna Piranhense conversou com Cleide Tinan Dos Santos, diretor especial em gestão de saúde, que afirmou que o raio-x deve estar em funcionamento em até 40 dias. “A partir de agora, precisamos aguardar o processo licitatório para a aquisição do que é preciso para adequar a rede elétrica do Hospital Municipal às necessidades técnicas apresentadas pelo novo equipamento, que inclui a instalação de um transformador de tensão, por exemplo. Levando em conta os prazos de uma licitação, o tempo de envio dos materiais e a instalação, acredito que, em menos de dois meses, a população poderá usufruir do benefício que não é um favor, mas sim um direito”, explica Tinan.

Ainda de acordo com Cleide Tinan, o gasto com a montagem da subestação de energia no Hospital Municipal Cristo Redentor deve girar em torno de R$ 50 mil que serão pagos pela Prefeitura de Piranhas.

O investimento na aquisição do raio-x digital foi de R$ 300 mil oriundos de uma emenda parlamentar do deputado federal Roberto Balestra (Progressistas) no valor de R$ 500 mil – o restante do recurso foi usado na compra de itens de menor valor, como, por exemplo, um aparelho de ultrassom que custou R$ 77 mil e foi colocado em uso em junho do ano passado.

Veja imagens do mesmo modelo do aparelho de raio-x que será instalado no Hospital Municipal de Piranhas na galeria abaixo.


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale conosco pelo Whatsapp
Fale com o Tribuna Piranhense
Fale conosco pelo Whatsapp