14/06/2014 às 12h56min - Atualizada em 14/06/2014 às 12h56min

Prefeitos e deputados devem lançar Perillo dia 23

Por Jotta Oliveira - Do Tribuna Piranhense, em Piranhas
Do Mais Goiás

O governador Marconi Perillo (PSDB) será o último a assumir a pré-candidatura ao governo de Goiás. Líder em todas as pesquisas realizadas até agora (sete levantamentos de institutos diferentes: Grupom, Fortiori, Serpes, Verus), o tucano terá um teste de força no dia 23.

Perillo se encontrará com prefeitos e deputados da base aliada para realizar uma consulta. Ele vai colocar na mesa seu nome, do vice José Eliton (PP) e do pré-candidato ao Senado Vilmar Rocha (PSD).

As chances de Marconi Perillo não ser candidato são remotas. No que depender da base, ele será ungido no encontro. Na sequência a base marcará um grande encontro, no dia 28, no Goiânia Arena, para realizar a convenção dos partidos e lançar os majoritários.

PMDB

Nos últimos dias, Marconi Perillo conseguiu capitalizar apoios de prefeitos peemedebistas (13 de 52 prefeitos estão com o governador). Dois petistas também já indicaram voto a Perillo, caso seja candidato à reeleição.

Existe ainda nos bastidores a possibilidade do peemedebista Júnior Friboi se desfiliar do partido e sugerir aos seus seguidores que votem em Marconi.

Marconi não participou da pré-campanha. Esteve presente na metade dos encontros da base aliada e se concentrou no andamento de obras. O governador teve baixa aprovação popular durante o ano de 2012, mas se recuperou com o andamento de inúmeras obras e com o bom momento econômico do Estado, com melhores índices macroeconômicos do que o país.

SEM CAIADO

A base deve entrar na disputa já com o plano de governo protocolado e formatado pelo ex-secretário Igor Montenegro e uma equipe técnica.

Politicamente a base está ciente que não dá para ter tudo.

Conforme Paulo de Jesus, o deputado federal Ronaldo Caiado (DEM), por exemplo, seria importante reforço. Mas os partidos já estavam em estágio avançado de decisões. Tanto é que no último encontro da base, realizado em Rio Verde no final de maio, os nomes para o Senado e vice já estavam definidos

Perillo desejava ter Caiado na base, mas foi obrigado a ouvir os demais integrantes da base.

O grupo político do governador tenta ainda negociar com o Solidariedade, de Armando Vergílio, sondado para ser candidato à vice de Iris Rezende.


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://tribunapiranhense.com/.
Fale conosco pelo Whatsapp
Fale com o Tribuna Piranhense
Fale conosco pelo Whatsapp