25/05/2018 às 07h22min - Atualizada em 25/05/2018 às 07h22min

Distribuidora afirma que não conseguirá entregar frutas e verduras nos supermercados de Piranhas a partir desta sexta-feira (25) devido à greve dos caminhoneiros

A Ouro Verde informou que a passagem dos caminhões da empresa foi impedida pelo bloqueio realizado na GO-060. A distribuidora é a principal fornecedora de frutas e verduras em Piranhas.

Tribuna Piranhense - em Piranhas
Jotta Oliveira
Greve dos caminhoneiros chega ao quinto dia (Foto: Leitor/WhatsApp)
A Ouro Verde, principal distribuidora de frutas e verduras para os supermercados do município de Piranhas, informou que, devido a greve dos caminhoneiros, não conseguirá atender seus clientes a partir desta sexta-feira (25/05). Segundo o proprietário da empresa, Haymisson Borges, caminhões enviados para Goiânia, que tinham como destino a Central de Abastecimento da capital (Ceasa), foram impedidos de seguir viagem nesta quinta-feira (24/05) no bloqueio realizado na rodovia GO-060, em Santa Bárbara de Goiás.

Em comunicado enviado aos seus clientes, a Ouro Verde informou que não tem previsão para a normalização da entrega das frutas e verduras nos supermercados, mas que está fazendo o possível para resolver o problema.

“Fizemos o possível para chegar aos nossos fornecedores, mas não obtivemos sucesso. Infelizmente, por conta da greve dos caminhoneiros, nossos caminhões ficaram presos. A empresa fez um grande esforço para conseguir buscar os produtos e entregar para os clientes, mas, por uma situação fora de nosso controle, a partir desta sexta-feira, até que as rodovias sejam desobstruídas, não poderemos atender a demanda”, explica Haymisson Borges.

A Distribuidora Ouro Verde abastece as gôndolas dos supermercados de Piranhas todas as terças e sextas-feiras, sendo a principal fornecedora dos maiores estabelecimentos do município, como Ponto Certo e Carajás, por exemplo.

Chegando no quinto dia, o bloqueio de rodovias por caminhoneiros em Goiás também já provoca aumento no preço dos combustíveis e cancelamento de voos no aeroporto de Goiânia. Nesta quinta-feira (24/05), manifestantes atearam fogo a pneus na GO-330, entre Ouvidor e Anápolis, um dos 33 pontos de bloqueio.

A manifestação começou na segunda-feira (21/05) e cobra a redução no preço do óleo diesel. A categoria também exige a aprovação do Projeto de Lei 528, que estabelece um o piso para o frete de combustíveis no país.

Nesta quinta-feira, a juíza Ítala da Silva determinou, liminarmente, que os caminhoneiros liberem todas as vias bloqueadas no estado, no prazo de 24 horas, a partir da intimação dos sindicatos. Se não atenderem à determinação, a magistrada ordenou o pagamento de multa de R$ 200 mil por dia.

Na terça-feira (22/05), uma liminar determinou que os caminhoneiros liberassem as BRs 153 e 060 imediatamente. O documento do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJ-GO) prevê multa de R$ 50 mil em caso de descumprimento da medida. No entanto, os atos continuam.

Veja os pontos de bloqueio em Goiás:

GO-060
  • Santa Bárbara de Goiás
  • Trecho entre Piranhas e Iporá
GO-330
  • Trecho entre Ouvidor e Anápolis
BR-020:
  • Km 1 em Formosa
  • Km 11 em Formosa
BR-040
  • Km 10 em Luziânia
  • Km 95 em Cristalina
BR 050
  • Km 270 em Catalão
  • Km 273 em Catalão
  • Km 279 em Catalão
  • Km 283 em Catalão
BR 060
  • Km 190 em Guapó
  • Km 306 em Acreúna
  • Km 380 em Rio Verde
  • Km 388 em Rio Verde
BR 080
  • Km 116 em Barro Alto
BR 153
  • Km 76 em Porangatu
  • Km 432 em Anápolis
  • Km 201 em Uruaçu
  • Km 515 em Aparecida de Goiânia
  • Km 699 em Itumbiara
  • Km 703 em Itumbiara
BR 158
  • Km 157 em Caiapônia
BR 364
  • Kms 06 em São Simão
  • Km 08 em São Simão
  • Km 112 em Aparecida do Rio Doce
  • Km 193 em Jataí
  • Km 197 em Jataí
  • Km 300 em Mineiros
BR 414
  • Km 203 em Niquelândia
  • Km 394 em Corumbá de Goiás
BR 452
  • Km 135 em Bom Jesus de Goiás
  • Km 196 em Itumbiara

Apoio

Em nota, a Distribuidora Ouro Verde disse que apoia a greve dos caminhoneiros e que uma de suas equipes estará percorrendo a GO-060 para distribuir pães e outros alimentos para os participantes da manifestação.

 
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://tribunapiranhense.com/.
Fale conosco pelo Whatsapp
Fale com o Tribuna Piranhense
Fale conosco pelo Whatsapp