25/05/2018 às 11h34min - Atualizada em 25/05/2018 às 11h34min

Greve de caminhoneiros já causa falta de combustíveis em Piranhas

Postos já registram falta de etanol, gasolina e diesel. Proprietários dizem que normalização só virá após liberação de rodovias.

Tribuna Piranhense - em Piranhas
Jotta Oliveira
(Foto: Reprodução)
Pelo menos três dos quatro postos de combustíveis de Piranhas sentem os reflexos da greve dos caminhoneiros que ainda bloqueia várias rodovias na manhã desta sexta-feira (25/05). De acordo com informações colhidas pelo Tribuna Piranhense, estoques de gasolina, etanol e diesel S10 já acabaram em alguns estabelecimentos e não há previsão para que sejam repostos.

A administração do Auto Posto Cruzeiro do Sul informou que ainda dispõe de uma boa quantidade de diesel comum, mas que o etanol e o diesel S10 já acabaram e a previsão é que o estoque de gasolina termine ainda nesta sexta-feira.

O Auto Posto Caminhoneiro, localizado às margens da BR-158, registra falta de gasolina e etanol. “Em relação ao estoque de diesel comum e o S10, não há problemas. Já quanto ao etanol e a gasolina, deveremos receber uma nova carga ainda hoje”, disse Nivaldo Alves Oliveira, gerente do estabelecimento.

Heberth Wander Fonseca Duarte, proprietário do Auto Posto Luciana, disse que o que ele tem estocado deve durar até sábado (26/05), dependendo da demanda. “Ainda não acabou nenhum tipo de combustível, mas, se a greve continuar, não poderemos garantir o atendimentos aos nossos clientes. Temos um caminhão carregado esperando para vir para Piranhas desde a última terça-feira”, relata Heberth.

No Auto Posto Piranhas, é previsto que os combustíveis nas bombas durem por, pelos menos, mais três dias e, de acordo com o empresário Wilson Fernandes de Souza, está sendo feito um acompanhamento da greve dos caminhoneiros e, assim que as rodovias forem liberadas, os estoques serão renovados.
A greve
 
A greve dos caminhoneiros começou na segunda-feira (21/05). Os manifestantes cobram a redução no preço do óleo diesel. A categoria também exige a aprovação do Projeto de Lei 528, que estabelece um o piso para o frete de combustíveis no país.

Nesta quinta-feira, a juíza Ítala da Silva determinou, liminarmente, que os caminhoneiros liberem todas as vias bloqueadas em Goiás, no prazo de 24 horas, a partir da intimação dos sindicatos. Se não atenderem à determinação, a magistrada ordenou o pagamento de multa de R$ 200 mil por dia.

Na terça-feira (22/05), uma liminar determinou que os caminhoneiros liberassem as BRs 153 e 060 imediatamente. O documento do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJ-GO) prevê multa de R$ 50 mil em caso de descumprimento da medida. No entanto, os atos continuam.

Veja os pontos de bloqueio em Goiás:

GO-060
  • Santa Bárbara de Goiás
  • Trecho entre Piranhas e Iporá
GO-330
  • Trecho entre Ouvidor e Anápolis
BR-020:
  • Km 1 em Formosa
  • Km 11 em Formosa
BR-040
  • Km 10 em Luziânia
  • Km 95 em Cristalina
BR 050
  • Km 270 em Catalão
  • Km 273 em Catalão
  • Km 279 em Catalão
  • Km 283 em Catalão
BR 060
  • Km 190 em Guapó
  • Km 306 em Acreúna
  • Km 380 em Rio Verde
  • Km 388 em Rio Verde
BR 080
  • Km 116 em Barro Alto
BR 153
  • Km 76 em Porangatu
  • Km 432 em Anápolis
  • Km 201 em Uruaçu
  • Km 515 em Aparecida de Goiânia
  • Km 699 em Itumbiara
  • Km 703 em Itumbiara
BR 158
  • Km 157 em Caiapônia
BR 364
  • Kms 06 em São Simão
  • Km 08 em São Simão
  • Km 112 em Aparecida do Rio Doce
  • Km 193 em Jataí
  • Km 197 em Jataí
  • Km 300 em Mineiros
BR 414
  • Km 203 em Niquelândia
  • Km 394 em Corumbá de Goiás
BR 452
  • Km 135 em Bom Jesus de Goiás
  • Km 196 em Itumbiara

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://tribunapiranhense.com/.
Fale conosco pelo Whatsapp
Fale com o Tribuna Piranhense
Fale conosco pelo Whatsapp