09/08/2018 às 09h59min - Atualizada em 09/08/2018 às 09h59min

PM prende homem e recupera objetos furtados da casa de médico em Piranhas; outro suposto envolvido ainda é procurado

Um menor também foi apreendido por participação no crime e disse aos policiais onde estavam os itens levados da residência da vítima

Tribuna Piranhense - em Piranhas
Jotta Oliveira
(Foto: Divulgação/PM)

A Polícia Militar (PM) prendeu um homem e apreendeu um menor, ambos suspeitos de envolvimento em um furto ocorrido no último domingo (5/08), na casa do médico Sebastião Aparecido Gomes Ribeiro Neto, em Piranhas. Douglas Ferreira dos Santos, de 19 anos, e o adolescente foram identificados nesta quarta-feira (8/08), após serem abordados pelo sargento Gilberto César e pelo aluno soldado Vilela. Além das detenções, os militares também recuperaram parte dos objetos que haviam sido subtraídos da residência da vítima, exceto um celular da Apple que foi destruído pelos criminosos por medo de serem rastreados através do sistema do aparelho.

De acordo com o boletim de ocorrência da PM, os bandidos aproveitaram o momento em que o médico saiu para ir à igreja e invadiram o imóvel. No dia do crime, foram furtados dois aparelhos celulares (1 Iphone e 1 Samsung J5), relógios, joias, perfumes e um notebook.

Conforme relatos do sargento Gilberto César, equipes da PM estiveram empenhadas na busca dos autores do furto à residência do médico desde a comunicação do crime.

Ouvimos pessoas da comunidade que informaram, anonimamente, via telefone funcional, que o Douglas, outro individuo identificado como Lincon Matheus e um menor teriam sido os autores do furto. Diante dos relatos, fizemos patrulhamento e localizamos Douglas no Setor Sudoeste e, logo depois, o menor que relatou ter participado do furto, inclusive, nos levando até parte dos objetos que estavam escondidos numa estrada vicinal que leva a região do Indaiá e também em um lote baldio no Setor Sudoeste”, conta Gilberto César.

A PM foi até o endereço indicado como sendo a residência de Lincon Mateus que, ao avistar a aproximação da viatura, fugiu pulando um muro e ainda não foi capturado.

O menor foi entregue ao pai.

Após ser preso, Douglas Ferreira dos Santos confessou a participação no furto e disse que o notebook estava escondido no meio da mata, na Serra Negra. Ele foi levado para a Unidade Prisional de Piranhas, onde permanecerá à disposição da Justiça.

Apesar da pouca idade, Douglas já acumula passagens pela polícia. Em fevereiro de 2017, a PM prendeu o jovem em Arenópolis, cumprindo um mandado de prisão preventiva expedido pela Comarca de Piranhas em processo onde ele é acusado de envolvimento com o tráfico de drogas.

Já em 2016 – ano em que chegou a maioridade penal –, Douglas Ferreira, junto com outros 3, foi alvo de uma operação denominada “Guardião Piranhas 1”, que, no dia 23 de novembro, reuniu cerca 30 policiais civis e militares e cumpriu 4 mandados de prisão temporária e 6 mandados de busca e apreensão. Na ação, os policiais encontraram drogas e ele ficou preso por cerca de um mês e foi beneficiado com a liberdade provisória concedida pela Justiça.


 

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale conosco pelo Whatsapp
Atendimento Tribuna Piranhense
Precisa de ajuda? Fale conosco pelo Whatsapp