06/09/2018 às 13h45min - Atualizada em 06/09/2018 às 13h45min

Será que valeu a pena? Bartolomeu Xavier escreve texto sobre o Dia da Independência do Brasil; leia

Comemorada no dia 7 de setembro, a data celebra a emancipação brasileira do reino de Portugal

Professor e escritor
Bartolomeu Xavier de Sousa Filho

SERÁ QUE VALEU A PENA?

 

Às vezes fico a me perguntar

Se valeu a pena a cabeça de Tiradentes rolar

Para sairmos do jugo de Portugal

Queríamos nos livrar da influência estrangeira

Cessar a sangria das riquezas brasileiras

Controlar de forma autônoma o nosso potencial

 

Do regime colonial fomos ao republicano

Os três poderes aos poucos foram se formando

E o brasileiro agora era só contentamento

Parecia que tudo estava resolvido

Que o Brasil independente teria seu futuro definido

E pela frente viria só progresso e crescimento

 

Em nome da democracia surgiram os partidos

Antes poucos hoje vários e divididos

Cada qual com idéias diferentes

Nos palanques encenam dramatizam

Quando eleitos se abastam e até ironizam

E agem como se fôssemos dementes

 

O Brasil cresceu mas ainda é terceiro no mundo

Diz-se independente mas parece está em coma profundo

Por não se livrar dos políticos inescrupulosos

São um bando de egoístas com interesses próprios

Para estes a política é apenas um bom negócio

Com retorno garantido e salários vultosos

 

Antes reclamávamos dos portugueses

Mas agora são os brasileiros burgueses

Que comandam a máfia e a corrupção

Todos os poderes estão contaminados

É muito grande o número de desmascarados

Porém quase nulo o exemplo de punição

 

A impunidade está por toda a parte

Driblar o fisco corromper subornar agora é arte

Não se sabe mais em quem confiar

São leis emendas e impostos autoritários

Um modo novo de “derrama” em nossos salários

São muitos trabalhando para poucos embolsar

 

Enquanto houver analfabetos e discriminação

Pobreza favelas máfia e prostituição

E grupos com mais direitos que deveres

Enquanto a injustiça beneficiar a um grupo da elite

Sem que a maioria possa dar seu palpite

Seremos sempre vítimas do abuso dos poderes

 

Por isso volto a me perguntar

Até quando teremos de suportar

Tantas atitudes indecentes  

O nosso orgulho patriótico está ferido

Por ver os paraísos fiscais abastecidos

E os culpados se fazendo de inocentes

 

Temo que ainda esteja longe o dia

De nós brasileiros termos a alegria

Por sermos éticos e conscientes

Nossa esperança é acreditar que a juventude

Seja capaz de mudar radicalmente as atitudes

Para que tenhamos de fato um país INDEPENDENTE!

 

 

Autor: Bartolomeu Xavier de Sousa Filho

Piranhas, setembro de 2009

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale conosco pelo Whatsapp
Fale com o Tribuna Piranhense
Fale conosco pelo Whatsapp