27/11/2018 às 16h34min - Atualizada em 27/11/2018 às 16h34min

Alunos e professores piranhenses são premiados no Agrinho 2018

Solenidade de premiação aconteceu no Atlanta Music Hall, em Goiânia

Tribuna Piranhense - em Piranhas
Jotta Oliveira
(Foto: Reprodução/Rede Social)

Três estudantes da rede municipal de ensino de Piranhas, junto com suas respectivas professoras, foram premiados na edição de 2018 do programa Agrinho, que é promovido pela Federação da Agricultura e Pecuária de Goiás (Faeg) em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural em Goiás (Senar Goiás). A solenidade de premiação dos vencedores, em diferentes categorias, ocorreu na última sexta-feira (23/11), no espaço Atlanta Music Hall, em Goiânia.

Os alunos da cidade de Piranhas concorreram com milhares de estudantes da região Oeste do Estado e conseguiram a 1ª colocação em duas categorias – Desenho na Educação Especial e Redação, tendo, nesta última, conquistado dois prêmios.

O estudante Elielson Silva Lima cursa o 4º ano na Escola Municipal Sebastião José de Faria e ganhou um smartphone por ter conquistado o 1º lugar na categoria Desenho – Educação Especial. Já sua professora, Iolanda Alves, levou para casa uma caixa de som multimídia e um HD externo.

A Escola Municipal Militarizada Gercina Teixeira teve duas de suas alunas premiadas por terem escrito as melhores redações do oeste goiano. Lívia Esteves de Souza, do 8º ano, e Rhayssa Pereira de Araújo, do 9º ano, também levaram para casa um smartphone, enquanto suas professoras, Maria Aparecida e Luciene Antônia, respectivamente, ganharam HD’s externos e caixas de som multimídia.


A secretária municipal de Educação Karlla Chistine Fonseca Silva acompanhou os alunos piranhenses durante a solenidade de premiação e disse que isso mostra o quanto o ensino público em Piranhas está evoluindo.

“A premiação representa o reconhecimento a esses alunos e mostra o quanto a Educação em nosso Município está evoluindo, sendo bem representada todos os anos nesse grande concurso. É muito bom poder ver nossos alunos rompendo barreiras e se superando”, destacou Karlla Christine.

Este ano, o Agrinho passou por 200 municípios de Goiás e recebeu 13.530 trabalhos, envolvendo cerca de 200 mil participantes de comunidades escolares espalhadas em todas as regiões do Estado. A temática escolhida foi ‘Brasil que queremos: seja protagonista’. Os projetos foram realizados em quatro categorias: Desenho, Redação, Escola Agrinho e Agrinho Jovem.

A premiação foi dividida de acordo com as doze regionais do Senar Goiás – Metropolitana, Centro Leste, Centro Norte, Norte, Médio Norte, Nordeste, Leste, Sul, Sudoeste, Oeste, Extremo Sudoeste e Vale do Araguaia e mais de 400 prêmios foram distribuídos, de acordo com suas categorias. Dentre eles, tablet’s, smartphones, mini caixas de som, HD’s externos, notebooks, TV’s. Dois veículos também foram entregues, sendo um carro e uma moto zero KM, como prêmios principais do programa.

O evento no Atlanta Music Hall reuniu 290 finalistas do programa Agrinho, entre eles: alunos, professores e gestores escolares. Na ocasião, diversas autoridades estiveram presentes, como prefeitos municipais, vereadores, familiares dos premiados, representantes dos Sindicatos Rurais de Goiás, parceiros e demais públicos.


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://tribunapiranhense.com/.
Fale conosco pelo Whatsapp
Fale com o Tribuna Piranhense
Fale conosco pelo Whatsapp