31/01/2019 às 11h59min - Atualizada em 31/01/2019 às 11h59min

Alunos da rede municipal de ensino de Piranhas iniciam ano letivo de 2019 na próxima segunda-feira (4)

Início das aulas deveria ter ocorrido no dia 21 de janeiro, porém, precisou ser adiado para dar tempo à Secretaria Municipal de Educação para finalizar reformas nas escolas e para se adequar às mudanças propostas pela Seduce

Tribuna Piranhense - em Piranhas
Jotta Oliveira
(Foto: Reprodução)

As aulas do ano letivo de 2019 da rede municipal de ensino de Piranhas começam na próxima segunda-feira (4/02). Inicialmente marcada para o último dia 21 de janeiro, a volta dos alunos para as salas de aula foi adiada pela Secretaria Municipal de Educação devido às reformas que ainda estavam sendo realizadas nas unidades de ensino e a necessidade de adequações após propostas de mudanças vindas da Secretaria de Estado de Educação, Cultura e Esporte (Seduce).

Em entrevista, a secretária municipal de Educação, Karlla Christine Fonseca Silva, disse que além das reformas e de outros reparos nas escolas municipais, ainda foi preciso criar as condições para receber os alunos do Ensino Fundamental 1 [do 1º ao 5º ano], que, até então, eram atendidos pela Seduce.

“A Seduce decidiu encerrar as atividades do Centro de Ensino em Período Integral Joaquim Francisco de Sousa e colocar em prática a Lei de Diretrizes e Bases, que determina que o ensino de 1° à 5° ano é de responsabilidade dos municípios. Com isso, a rede municipal, consciente de sua responsabilidade legal e de seu compromisso com pais e alunos, tomou todas as medidas para atender, com qualidade, a nova demanda”, explica a secretária municipal.

Karlla afirmou ainda que a Secretaria Municipal de Educação – através do trabalho da equipe gestora, professores e servidores administrativos – está preparada para se adequar à nova realidade. “Um novo calendário foi elaborado e os 200 dias letivos estão garantidos aos alunos. Os 30 dias de férias dos servidores da rede municipal também serão mantidos para o mês de julho”, disse.

Adicionando os cerca de 130 estudantes que estavam matriculados no CEPI Joaquim Francisco de Sousa, a rede municipal de ensino de Piranhas passará a atender o número aproximado de 1.200 alunos em quatro unidades administradas pela Secretaria Municipal de Educação (Escola Municipal José Pereira de Vasconcelos, Escola Municipal Sebastião José de Faria, Escola Municipal Militarizada Gercina Teixeira e Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) Vovó Luiza) e em uma por meio de parceria com o Centro Espírita Allan Kardec na Creche Mansão da Criança.


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale conosco pelo Whatsapp
Atendimento Tribuna Piranhense
Precisa de ajuda? Fale conosco pelo Whatsapp