27/03/2019 às 17h06min - Atualizada em 27/03/2019 às 17h06min

Vacinação contra Influenza começa no dia 10 de abril

Campanha segue até o dia 31 de maio e pretende imunizar crianças, gestantes, puérperas, trabalhadores da Saúde, idosos, indígenas, portadores de doenças crônicas, professores, população privada de liberdade e funcionários do sistema prisional

Tribuna Piranhense - em Piranhas
Jotta Oliveira
(Foto: Reprodução)

A Secretaria da Saúde de Goiás (SES-GO) está concluindo as ações para realizar, em todo o território goiano, a Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza. Neste ano, a imunização vai ocorrer simultaneamente em todo o País, do dia 10 de abril a 31 de maio.

Em Goiás, a meta é imunizar 90% de um contingente composto por 1.830.408 pessoas que integram os grupos prioritários. O Dia D da campanha, no qual podem ser vacinados os componentes de todos os grupos, será no dia 4 de maio em todo o País.

Para aperfeiçoar o atendimento e evitar a formação de grandes filas, o Ministério da Saúde (MS) estruturou um cronograma de vacinação com a definição de períodos para cada grupo prioritário (veja quadro abaixo).

A gerente de Imunização e Rede de Frio da superintendência de Vigilância em Saúde da SES-GO, Clarice Carvalho dos Santos, conclama os componentes dos grupos prioritários a se deslocarem para um dos postos de saúde e tomar a vacina. Ela destaca que a Influenza é uma infecção viral aguda que afeta o sistema respiratório e é altamente transmissível. “A vacina reduz as internações, as complicações e mortes decorrentes das infecções pelo vírus da Influenza”, acentua. A vacina oferecida pelo MS em todos os Estados é a trivalente. Ela é segura e protege contra os vírus A/H1N1, A/H3N2 e B.

Cronograma de Vacinação

10 a 18 de abril – crianças de 6 meses a menores de 5 anos, gestantes e puérperas
22 a 26 de abril: trabalhadores da Saúde
29 de abril a 3 de maio: idosos
4/ de maio (Dia D) – Todos os grupos prioritários da campanha
6 a 10 de maio: comorbidades (pessoas mais vulnerárias ao vírus, por serem portadores de doenças crônicas)
13 a 17 de maio: professores
20 a 31 de maio: Todos os grupos prioritários da campanha, população privada de liberdade e funcionários do sistema prisional
10 de abril a 31 de maio (todo o período da campanha): indígenas

Campanha em números:

Postos de vacinação fixos – 907
Profissionais envolvidos – 1.814
Viaturas/embarcações – 280
Horário de funcionamento dos postos – 8h às 17h
Meta – 90% dos grupos elegíveis para vacinação – aproximadamente 1.647.367, de uma população total de 1.830.408
Doses – 1.976.900


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://tribunapiranhense.com/.
Fale conosco pelo Whatsapp
Fale com o Tribuna Piranhense
Fale conosco pelo Whatsapp