25/04/2019 às 16h08min - Atualizada em 25/04/2019 às 16h08min

Vistoria veicular deixa de ser obrigatória em quatro situações em Goiás

Tribuna Piranhense - em Piranhas
Jotta Oliveira
(Foto: Reprodução)

A partir desta quinta-feira (25/04), a vistoria veicular não é mais obrigatória para quatro situações em Goiás. Com essa nova política de vistorias do Departamento Estadual de Trânsito de Goiás (Detran-Go), determinada pelo governador Ronaldo Caiado, o cidadão não precisará mais pagar uma taxa de R$ 175,76 para cada uma das solicitações, sendo elas: emissão de 2ª via de Certificado de Registro de Veículo (CRV) e/ou Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV); perda ou danificação da placa traseira, tarjeta e/ou lacre do veículo; adoção da segunda placa traseira; e registro inicial de reboque e semirreboque, com a tara de até mil quilos.

“Qualquer coisa era motivo para tomar R$ 175 de cada cidadão. Isso é correto? Isso é um crime. Vistoria para esses casos é sugar o cidadão, que já não aguentava mais pagar imposto no Estado de Goiás”, afirmou o governador.

Os quatro tipos de serviços poderão ser solicitados na sede do Detran-GO, por meio das Ciretrans espalhadas pelo interior do Estado ou em qualquer uma das unidades do Vapt Vupt.

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale conosco pelo Whatsapp
Atendimento Tribuna Piranhense
Precisa de ajuda? Fale conosco pelo Whatsapp