16/03/2020 às 10h41min - Atualizada em 16/03/2020 às 10h41min

Secretária municipal de Saúde de Piranhas pede que pacientes evitem ir ao Hospital Municipal

Neusa Aparecida pede que, quando o caso não for de urgência ou emergência, que a primeira opção sejam os ESF’s. Objetivo é evitar grandes aglomerações

Tribuna Piranhense - em Piranhas
Jotta Oliveira
A secretária municipal de Saúde de Piranhas, Neusa Aparecida Porto Ferreira, pediu, na manhã desta segunda-feira (16/03), que pacientes se dirijam às unidades do programa Estratégia Saúde da Família (ESF) e deixem o Hospital Municipal Cristo Redentor para casos de urgência e emergência. A solicitação, segundo a secretária, busca evitar aglomerações de pessoas, o que pode facilitar a propagação no novo Coronavírus.
 
Neusa Aparecida garante que todos os ESF’s contam com médicos atendendo de segunda á sexta-feira, realizando as consultas de rotina. Ainda de acordo com a secretária, toda a estrutura da saúde pública de Piranhas vem sendo preparada para atender possíveis casos do novo vírus e, neste cenário, manter o Hospital Municipal sem uma sobrecarga de atendimento desnecessária é fundamental para evitar transtornos futuros.
 
“O nosso foco agora são as inciativas contra a pandemia do Coronavírus. Estamos pedindo que a população evite aglomerações. Outra solicitação é que seja evitada a ída ao Hospital Municipal quando o caso não for de urgência ou emergência. Se for possível esperar [pela consulta], espere até este momento delicado passar, se não, que o paciente procure o ESF da sua região”, esclarece Neusa Aparecida.
 
Neusa orienta ainda que, caso o cidadão sinta algum sintoma do Coronavírus, procure a unidade de saúde mais próxima da sua casa e, sendo indicado pelo médico, haverá o encaminhamento ao Hospital Municipal Cristo Redentor.
 
Até o momento, não há casos confirmados ou  suspeitos do novo Coronavírus em Piranhas.

Entenda a diferença entre Covid-19, resfriado e gripe
 
O novo coronavírus (Covid-19) tem sintomas semelhantes a outras síndromes como resfriado e gripe. Por causa dessa condição, muitas vezes pacientes podem se confundir em relação à sua condição, o que pode gerar problemas, minimizando um cuidado necessário à prevenção contra a pandemia que assola o mundo e o Brasil.
 
Para esclarecer as diferenças, o Ministério da Saúde elaborou materiais de divulgação explicando cada uma das síndromes e como os sintomas se manifestam. No caso da febre, por exemplo, a ocorrência dela é comum em casos de Covid-19 e de gripe, mas rara em resfriados.
 
Os espirros são comuns em resfriados, mas raros tanto em gripes quanto em Covid-19. O nariz entupido aparece frequentemente em resfriados, às vezes em gripes e, raramente, em casos do novo coronavírus. A dor de cabeça é rara em resfriados, comum em gripes e pode surgir em infecções pelo novo coronavírus.
 
Quando uma pessoa estiver com sintomas correspondentes à Covid-19, é importante seguir as orientações do Ministério da Saúde e procurar um posto de saúde para obter orientação médica quanto às medidas.


 


Prevenção


Enquanto medidas mais drásticas são tomadas, as pessoas tem que seguir a vida normalmente: vai seguir tendo contato com outras pessoas no trabalho e vai acabar usando alguns objetos de uso coletivo.
 
Lavar as mãos regularmente e usar álcool gel são as principais recomendações para se proteger do Coronavírus no dia a dia. Se alimentar em casa também é uma recomendação do Ministério da Saúde.
 
Para lavar as mãos, há todo um ritual: é preciso higienizar as duas palmas, os dorso, os dedos, a região entre os dedos e os punho.
 
Manual da prevenção contra o Coronavírus no dia a dia
 
No ambiente de trabalho
 
Higienizar objetos de uso comum com álcool líquido 70% e papel toalha;
Não cumprimentar as pessoas com aperto de mão, beijo ou abraço;
Cobrir a boca com a parte de dentro do braço ao tossir e espirrar;
Evitar comer na rua; higienizar as mãos com álcool gel ou sabão antes e depois de pegar a comida.
 
Em casa
 
Não cumprimentar familiares com aperto de mão, beijo ou abraço - principalmente os mais idosos;
Limpar o celular com um lenço umedecido com álcool 70%
Álcool líquido pode ser usado para limpar o chão e maçanetas de portas;
No banheiro, cuidado especial com o vaso sanitário: uma medida de água sanitária para nove de água e limpar a tampa primeiro com uma escova, depois o interior e por último a escova.
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale conosco pelo Whatsapp
Fale com o Tribuna Piranhense
Fale conosco pelo Whatsapp