30/04/2020 às 08h52min - Atualizada em 30/04/2020 às 08h52min

Saneago não fará corte de água por inadimplência até 30 de junho

Decisão atende pedidos do Ministério Público de Goiás e do Ministério Público Federal que entendem que a manutenção do fornecimento de água tratada é imprescindível durante a pandemia do novo coronavírus

Tribuna Piranhense - em Piranhas
Jotta Oliveira
(Foto: Reprodução)
A Saneamento de Goiás S/A (Saneago) informou ao Ministério Público de Goiás (MP-GO) e ao Ministério Público Federal (MPF) que prorrogou, até o dia 30 de junho deste ano, a suspensão do corte de fornecimento de água por inadimplemento de unidades consumidoras. Com a medida, a empresa acata solicitação feita pelos Ministérios Públicos para que não efetuasse os cortes por atraso no pagamento das faturas, considerando que os efeitos da pandemia do novo coronavírus continuam.
 
Para o Ministério Público, diante do teor do Decreto Estadual nº 9.653/2020, que dispõe sobre a decretação de situação de emergência na saúde pública no Estado de Goiás, a manutenção do fornecimento de água tratada neste momento é imprescindível para as medidas profiláticas de combate à Covid-19.
 
*Com informações da Assessoria de Comunicação do MPF em Goiás e da Assessoria de Comunicação Social do MP-GO

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale conosco pelo Whatsapp
Fale com o Tribuna Piranhense
Fale conosco pelo Whatsapp