11/08/2014 às 07h00min - Atualizada em 11/08/2014 às 07h00min

Propaganda eleitoral no rádio e na tv começa dia 19

Coordenações de marketing dos governadoriáveis explicam as prioridades que serão veiculadas nos programas eleitorais de rádio e televisão

Danyla Martins - Diário da Manhã

A pouco menos de dois meses das eleições, o horário eleitoral gratuito se propõe a confirmar a escolha dos que já tem voto certo e servir de consulta aos indecisos na reta final. Exibido na TV e no rádio, o horário destinado à propaganda eleitoral é previsto pela Lei Federal 9.504/97, e já começa a movimentar as equipes dos candidatos que elaboram os programas.  No período de propaganda eleitoral, o candidato tem a oportunidade de apresentar as propostas de governo, além de promover o debate sobre a própria política. Desta forma, todos os candidatos são  vistos e ouvidos pelos eleitores.

Após a liberação das campanhas nas ruas e no meio online, a partir do dia 19 de agosto até 2 de outubro o horário eleitoral gratuito será veiculado pela rede, rádio e TV, incluindo a transmissão por meio da Linguagem Brasileira de Sinais. Conforme estabelece o Calendário Eleitoral, a transmissão da propaganda eleitoral gratuita pode ser veiculada pelas emissoras de rádio, inclusive as rádios comunitárias e pelas emissoras de televisão que operam em VHF e UHF, e os canais de televisão por assinatura sob a responsabilidade do Senado Federal, da Câmara dos Deputados, das Assembleias Legislativas e da Câmara Legislativa do Distrito Federal. Em caso de segundo turno, a propaganda em rede, no rádio e TV deverá ser retomada após 48 horas dos resultados do primeiro turno e até 24 de outubro de 2014.

No período da transmissão do horário eleitoral, e se houver segundo turno, a partir de 48 horas dos resultados do primeiro turno e até 24 de outubro de 2014, as emissoras de rádio, inclusive as rádios e TV reservarão, ainda, 30 minutos diários, inclusive aos domingos, para a propaganda eleitoral gratuita, a serem usados em inserções de até 60 segundos, a critério do respectivo partido político ou coligação, que serão distribuídas, ao longo da programação veiculada entre às 8 horas e 24 horas.

Mediante a legislação e a obrigatoriedade do horário eleitoral, a reportagem do Diário da Manhã, procurou as equipes de marketing e campanha dos candidatos ao governo de Goiás para que relatassem como estão preparando o programa eleitoral e também, como pretendem otimizar o tempo de TV e rádio entre os quatro candidatos com maior tempo de veiculação.

Antônio Gomide (PT) 3’14”

Pedro Novaes, coordenador de marketing e conteúdo da campanha do petista Antônio Gomide, que conta com três minutos e quatorze segundos de propaganda, relata que a equipe está com alguns roteiros elaborados, tanto para a campanha do governadoriável, quanto da candidata ao Senado Federal Marina Sant’Anna, referente aos primeiros programas. O coordenador, ainda salienta, que até o momento o trabalho consiste na captação de imagens para ambos, além das gravações para o rádio.

 Conforme explica o coordenador, uma linguagem já foi definida e a equipe está na fase de montar os pilotos de TV e rádio para afinar os demais programas. De início, Gomide entrará no ar com três programas já prontos, porém, com a possibilidade de ajustar o segundo e o terceiro, conforme a resposta das pesquisas qualitativas. A prioridade nesse momento, de acordo com Pedro Novaes, é esse refinamento da linguagem para conseguir atingir o eleitor com os conceitos e ideias definidos no planejamento estratégico.

 Quanto aos jingles, a campanha petista, já possui versões de rua produzidas e que começaram a rodar nos eventos da campanha. Enquanto captam o material para os programas, estão sendo produzidas outras versões para públicos específicos e desdobramentos pra TV, rádio e internet.

Marconi Perillo (PSDB) 7’19”

Marconi Perillo (PSDB), postulante à reeleição, detém o maior tempo de propaganda eleitoral com sete minutos e dezenove segundos. Coordenador de marketing da campanha do tucano, Carlos Maranhão, considera que os programas com o próprio candidato ainda não entraram na pauta a programação, pois a equipe está priorizando, no momento, a coleta de imagens sobre a atuação do governador.

 Carlos Maranhão pontua que a princípio será montado um arquivo com as obras realizadas pelo governador abordando todas as áreas e destacando algumas que sejam mais importantes e que representam inovação do governo. A expansão do sistema do vapt-vupt, melhorias no Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo), escolas reformadas pelo Estado, e novas escolas padrão século 21, são alguns dos destaques dos primeiros programas.  De acordo, com o coordenador a parte do rádio será feita em sintonia com as produções realizadas na televisão.

Iris Rezende (PMDB) 4’30”

Apostando em uma elaboração com elementos que reflete o clima da campanha, o coordenador de marketing do peemedebista Iris Rezende, Luiz Felipe Gabriel, disse que os programas eleitorais estão em fase de organização. Conforme explicou o coordenador, a campanha está se estruturando em um plano mais orgânico do que cartesiano. De acordo, com Luiz Felipe, os padrões vistos até o momento durante as eleições serão incrementados com cenários distintos.

 Luiz Felipe pontua que os programas para o horário eleitoral querem transmitir a ‘ebulição’ das ruas em relação ao candidato peemedebista. Para o coordenador o desafio será conseguir um contato real com o público por meio dos programas. A intenção, conforme explicou, é que o público se envolva com a informação e tenha segurança no que está sendo produzido.

Vanderlan Cardoso 1’57”

Objetividade será o foco dos programas eleitorais do governadoriável Vanderlan Cardoso (PSB). Baseado no plano de metas para a gestão, Vanderlan Cardoso, cujo coordenador de marketing é Jorcelino Braga, pretende estabelecer um comparativo com as metas. Com um minuto e cinquenta e sete minutos, a coordenação dos programas, tanto na televisão quanto no rádio, trará  diferencial ao mostrar às fontes de recursos para os investimentos propostos.

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://tribunapiranhense.com/.
Fale conosco pelo Whatsapp
Fale com o Tribuna Piranhense
Fale conosco pelo Whatsapp