20/05/2020 às 15h45min - Atualizada em 20/05/2020 às 15h45min

Aluno de veterinária salva cão que teve parada cardiorrespiratória em rua de Piranhas; vídeo

Segundo estudante, animal foi envenenado. Resgate durou cinco minutos e foi filmado por outros moradores

Do G1 Goiás
Cachorro sobrevive após ser salvo por estudante de medicina veterinária, em Piranhas (Foto: Arquivo Pessoal/Luana Gabryelle)
Um estudante de medicina veterinária salvou um cachorro que sofreu uma parada cardiorrespiratória em uma rua de Piranhas (veja o vídeo abaixo). Responsável pelo resgate, Lucas Gabriel Ferreira Martins, de 19 anos, acredita que o cachorro foi envenenado.
 
“Logo percebi que era envenenamento devido às complicações que já tinha ocorrido com um pet meu, o qual foi envenenado. As pessoas em volta não tinham conhecimento da causa. A forma do envenenamento é desconhecida”, explica Gabriel.
 
As imagens gravadas na tarde da última terça feira (19/05), pela mãe dele, Maria José Rosa Martins, mostram o estudante fazendo a massagem cardiorrespiratória, que durou cerca de cinco minutos, e o momento em que o animal volta a respirar novamente.
 
“Eu estava no meu intervalo de aula quando escutei: "O cachorro está morrendo". Olhei e vi ele se agonizando no chão, então, corri até ele”, diz o estudante.
 
Gabriel conta ainda que está no primeiro período de veterinária e que nunca tinha salvo um cachorro antes.



“Esse foi o primeiro cachorro que eu salvei. O sentimento foi de dever cumprido com a profissão que escolhi seguir”, completa o estudante.

Mesmo depois de ter salvo o animal, Gabriel continuou prestando atendimento ao cãozinho. "Após o ocorrido, tratamos dele, oferecendo alimento e água para que ele se recuperasse melhor, pois não teve internação. Depois de um tempo, ele foi embora. Fiquei com medo de ele não sobreviver, tanto é que não consegui acompanhar mais as aulas", detalha.

Assista


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Moeda Valor
Servidor Indisponível ...