23/08/2014 às 06h53min - Atualizada em 23/08/2014 às 06h53min

Em Bom Jardim, homem é preso por manter relações sexuais com a própria filha

Geraldo Neto - Iporá
Suspeita é de que pai se relacionava com filha desde os 11 anos da menina (Foto: Reprodução)

Um caso de incesto foi descoberto pela Policia Militar em Bom Jardim de Goiás. Um lavrador de 46 anos vivia "casado" com a própria filha de 14 anos numa fazenda a 22 km do município. A denúncia partiu de vizinhos do lavrador, que acharam estranho o fato dele morar no mesmo teto com uma adolescente e sempre trocar carícias com a mesma.

Após a denuncia, o conselho tutelar de Bom Jardim foi até a fazenda, acompanhado de policiais militares e descobriu que a adolescente, na verdade, é filha biológica do acusado. Ambos foram levados para delegacia de Aragarças para prestarem informações.

O lavrador disse ao delegado Ricardo Galvão que começou a manter relação com a filha recentemente, após ela completar 14 anos. Todavia há informação de que a relação incestuosa começou quando a menina tinha onze anos. O pai passou a morar com a filha depois que a mãe da adolescente foi presa, acusada de matar um filho a pauladas.

Outra filha do lavrador, que não mora com ele, compareceu na delegacia e ficou revoltada com o pai. Moradores da cidade de Bom Jardim, chegaram a ameaçar linchar o lavrador, que por medida de precaução, foi encaminhado para cadeia de Aragarças e está sendo mantido em cela separada. "Vamos indiciá-lo por abuso de menor em função da idade da garota", frisou o delegado.

A adolescente comentou com um sargento, que estava na ocorrência, que gosta do pai e pretende continuar com ele. Ocorrência registrada na tarde de quinta-feira (21/08) pela PM de Bom Jardim e encaminhada a delegacia de Aragarças.


Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://tribunapiranhense.com/.
Fale conosco pelo Whatsapp
Fale com o Tribuna Piranhense
Fale conosco pelo Whatsapp